Dia Nacional da Consciência Negra: padre Ari Antônio dos Reis destaca a importância da data

Compartilhe
No Dia  Nacional da Consciência Negra, o programa Comando Popular recebeu no estúdio o padre Ari Antônio dos Reis. A entrevista foi concedida ao comunicador Cristian Queiroz, apresentando uma reflexão sobre o significado desta data.
A data é celebrada no Brasil em 20 de novembro, exatamente na data da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, um dos maiores líderes negros do Brasil que lutou pela libertação do povo contra o sistema escravagista. 

   A celebração do dia da Consciência Negra torna-se também um ato político se assumirmos a leitura de política como “arte de bem organizar a vida dos povos vivendo em uma nação” (Bastos Ávila, 1993, p. 364) ou como exercício caritativo em vista do bem comum (cf. Papa Pio XI). É agir político assinalar no calendário nacional a memória de Zumbi dos Palmares. Ela não pode ficar esquecida e não pode ficar descrita em discursos e escritos como algo de menor importância na História. A celebração da memória de Zumbi dos Palmares implica em lembrar a presença dos negros na História do Brasil, a luta contra a escravidão e o legado cultural que deixaram, como destaca o padre Ari Antônio dos Reis em seu artigo no Portal rdplanalto.com.

Acompanhe: http://rdplanalto.com/noticias/48219/celebrar-o-dia-da-consciencia-negra-uma-necessidade-politica

Leia Também Arcebispos e bispos gaúchos avaliam ações da Igreja durante a pandemia Prossegue a novena em honra a Nossa Senhora da Conceição em Passo Fundo Testamento de Lucas Araújo completa 105 anos Muitas bênçãos na sua missão, padre Moisés Geremia!