Testamento de Lucas Araújo completa 105 anos

Compartilhe

Um grande gesto de caridade e humanidade completou, no domingo, dia 22 de novembro, 105 anos. Foi nesta data, que o Tenente Coronel Lucas Araújo deixou registrado seu desejo de passar parte de seus bens para uma entidade que pudesse cuidar de crianças e órfãos da cidade. Passados todos esses anos, a Fundação Beneficente Lucas Araújo segue cumprindo esse desejo, atualizando os serviços e atendimentos ao longo dos 92 anos em que desenvolve atividades para crianças, adolescentes e idosos de Passo Fundo.

A ligação com a Fundação começou em 1928, quando, de fato, a herança instituiu fundos que mantém o trabalho da entidade. “Eu, Lucas José de Araújo, como cristão católico-apostólico-romano que sou e em cuja religião espero morrer, tenho deliberado, como faço de minha livre e espontânea vontade. Visto que me acho em perfeito estado de saúde, e absoluta clareza de espírito. Assim pois, usando do direito que me faculta a lei, pelo presente faço minhas disposições de última vontade que, espero, serão cumpridas depois de minha morte”. Foi desta forma que dispôs de todos os bens que integravam a sua herança para a primeira associação que criasse, na cidade, um ‘asilo de crianças órfãos e desvalidas”, foi como se referiu à época.

O diretor da Entidade, Luiz Costella, ressalta que os bens herdados mantêm de forma indireta o atendimento das crianças, adolescentes e idosos, além da manutenção do Lar da Menina Pe. Paulo Farina e da Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) São José e São João XXIII.

Os bens deixados pelo Tenente Coronel, rendem aluguéis que ajudam a manter todo esse trabalho. Além disso, permite, pelos recursos gerados, que a Fundação tenha um corpo de funcionários capaz de atender as demandas e de oportunizar cuidado e atenção. “Muitas pessoas passaram pela Fundação ao longo desses mais de 90 anos. Esse testamento, deixado por Lucas Araújo, mudou a vida de muitas pessoas, algumas delas atendidas na Entidade e depois funcionárias, mostrando o afeto gerado e as oportunidades oportunizadas. Esse caminho mostra a importância da Fundação e o compromisso que temos com o bem-estar de todos os envolvidos”, pontua Cost ella.

Foto: Caroline Simor

Leia Também Arcebispo de Manaus faz apelo emocionado para que enviem oxigênio para salvar a população Inicia a 3ª etapa da Pós-Graduação em Espiritualidade da Itepa Irmãs de Notre Dame celebram Jubileu de Vida Religiosa Consagrada em Passo Fundo Campanha contra a Covid-19 no Vaticano: o Papa e o emérito foram vacinados