Pelo Brasil: dono de bar vende veneno em vez de bebida e dois clientes morrem no Ceará

Compartilhe
Reprodução / Internet   Reprodução / Internet 

Na tarde do último domingo (29), dois agricultores morreram após tomar veneno em um bar a 262 quilômetros de Fortaleza/CE. 

Segundo a Polícia Militar, a bebida foi vendida por engano pelo sogro de uma das vítimas. 

Ao depor à polícia, o empresário afirmou que guardava o veneno para matar insetos, na garrafa da bebida, o que o levou a confundir o produto. 

De acordo com a Polícia Militar, horas após consumirem a bebida, Erismar Rodrigues De Sousa, de 35 anos, e Cleison Santos Oliveira, de 28 anos, foram encontrados sem vida, caídos em uma residência na localidade de Cajueiro do Castro, na zona rural do município.

Ainda conforme policiais militares que apuram o caso, Erismar Rodrigues morreu abraçado ao filho, após passar mal.

Após os corpos serem encontrados, o dono do bar, de 75 anos, sogro de Erismar, foi conduzido à Delegacia da Polícia Civil de Camocim.

Ele foi autuado por por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. A Secretaria da Segurança Pública afirmou que o comerciante pagou fiança e vai responder pelo crime em liberdade.

(Com informações do Portal G1)

Leia Também Novas aglomerações dispersadas pela Força-Tarefa em Passo Fundo 3°RPMon realiza surpresa na festa de aniversário de menino que sonha em ser policial militar Notícias pelo RS: ladrão tenta furtar rádio de veículo e acaba dormindo dentro do carro Brigada Militar de Passo Fundo intensifica operações em bairros da cidade