Adeus, Ano Velho! Feliz Ano Novo!

Postado por: Élvis Mognhon

Compartilhe

 

Alguns dias nos separam de 2021. Deixaremos para traz mais um ano das nossas vidas. O 2020 foi vivido intensamente. Não foram poucos os desafios impostos pelo corrente ano, mas esperamos que 2021 seja um ano mais leve e capaz de preencher nossas vidas com mais alegrias.

Sempre esperamos o melhor para o ano que está iniciando. Há muitas superstições, inclusive com as roupas que são usadas na passagem para o Ano Novo, com aquilo que comemos, bebemos ou mesmo com quem passamos a virada. Todos temos as melhores intenções para o ano que começa em 01 de janeiro.

A ansiedade de querer controlar o futuro é inerente ao ser humano. Por isso, fazemos grandes planejamentos das nossas vidas, das nossas empresas, do nosso futuro. Porém, as coisas acontecem seguindo cursos e fluxos que estão fora de nós. Isso não significa que devemos abrir mão dos planejamentos, mas cada vez mais, precisamos dar margem às mudanças de curso ao longo da jornada, replanejamentos e (re)adaptações.

O ano de 2021 ainda é muito incerto. Vários países já iniciaram a vacinação de suas populações. O Brasil está em processo de certificação das vacinas que serão administradas à população. Há muitas questões ideológicas envolvendo esse processo. No entanto, distante das discussões e ideologias, grande parte da população simplesmente quer poder voltar à vida normal, e para que a vida volte ao normal é importante estarmos imunes ao vírus.

O 2021 ainda é uma caixinha de surpresas prestes a ser aberta. Esperamos que seja um ano mais calmo e compassivo. Um ano mais acolhedor e amoroso. Um ano em que possamos nos abraçar e fazermos uso da nossa liberdade novamente. Enfim, que 2021 seja o melhor ano de nossas vidas. Te desejo um Feliz 2021 repleto de tudo aquilo que te faz bem.

 

** O leitor poderá enviar sugestões, dúvidas, questionamentos sobre o tema para o e-mail: emognhon@gmail.com Para agendar atendimentos clínicos utilizar o WhatsApp (54) 99983 9966.

 

Leia Também “A figura deste mundo passa” O agir político durante a pandemia Valorize o que você tem RABISCOS SEMANAIS: Ciclística do Viver!