Apoiadores de Donald Trump invadem Congresso dos Estados Unidos

Compartilhe
Apoiadores do presidente americano Donald Trump invadiram a sede do Congresso nesta quarta-feira (06/01), na capital de Washington, enquanto o processo de certificação da vitória de Joe Biden estava em andamento.
Depois de uma grande manifestação que contou com a presença de Trump em frente à Casa Branca, alguns participantes marcharam até o Capitólio para denunciar o que consideram uma fraude eleitoral — o republicano afirmou aos apoiadores presentes que "nunca concederia" a vitória de Biden.
Após enfrentar policiais nas entradas do Congresso, algumas pessoas conseguiram entrar no prédio, o que levou à suspensão das sessões no Senado e na Câmara e ao bloqueio de acesso aos corredores das duas casas.
Com isso, a prefeita de Washington D.C. anunciou um toque de recolher a partir de 18h no horário local (20h em Brasília).
Vídeos postados por jornalistas nas redes sociais mostram confrontos entre policiais e manifestantes nos corredores do Capitólio. 

A invasão ocorreu enquanto Câmara e Senado debatiam se acatavam ou não uma objeção aos resultados do Arizona — tradicional reduto republicano vencido por Joe Biden na eleição de novembro. Momentos antes, Trump discursou em Washington e afirmou que não aceitaria o resultado eleitoral.

Segundo a imprensa americana, por segurança, senadores e deputados foram colocados em locais seguros dentro do prédio do Capitólio. A emissora NBC diz que o vice-presidente Mike Pence — responsável por presidir a sessão conjunta do Congresso para a contagem dos votos — foi retirado do edifício.


Foto: BBC



Leia Também Pelo Brasil: aluna de autoescola é reprovada após derrubar muro durante prova Líder de Sindicato fala à Planalto News sobre mobilização dos caminhoneiros Governo do RS autoriza novos concursos públicos para mais de 3,4 mil vagas Advogado Itamar Basso analisa proposta de deputado para mudança de Hino Rio-Grandense