A cobra e o vaga-lume

Postado por: Adalíbio Barth

Compartilhe

Conta-se que uma cobra começou a perseguir um vaga-lume, que vivia para brilhar.

Ele fugia rápido, com medo da feroz predadora. E a cobra nem pensava em desistir.

Fugiu um dia, e ela não desistiu. Dois dias, e nada.

No terceiro dia, já sem forças, o vaga-lume parou e disse à cobra:

- Posso fazer-lhe três perguntas?

- Não costumo abrir esse precedente para ninguém - respondeu o réptil -. Mas, já que vou devorá-lo mesmo, pode perguntar.

- Pertenço à sua cadeia alimentar? Prejudiquei-a em alguma coisa?  Por que você quer me comer?

- Porque não suporto ver você brilhar.

                        ***      ***

Pense nisso e selecione as pessoas em quem confiar.

Leia Também O leão e o pastor Você já ouviu falar da Síndrome de Burnout? Pe. Ivo e Pe. Fernando, gratidão! A convicção e o testemunho da Ressurreição