O Fluxo da Vida

Postado por: Élvis Mognhon

Compartilhe




A vida segue seu fluxo muito independente de nossas vontades. O tempo não para e constantemente somos interpelados a fazermos opções. Nem sempre tomamos as melhores decisões, pois somos influenciados por uma série de fatores e nem sempre dominamos todas as variáveis do processo de tomada de decisões.

Entre as diversas decisões que precisamos tomar nesse momento é o retorno às aulas presenciais, online ou híbridas. Várias Escolas estão se preparando para essa retomada. A grande maioria se preparou com rígidos protocolos de segurança, com a sanitização adequada dos ambientes escolares, com regras de distanciamento social, para receber nossos filhos.

A vida precisa seguir seu fluxo. Sabemos dos riscos e de forma alguma eles devem ser minimizados, no entanto, a vida precisa seguir. A vacina chegou e muitas pessoas ao redor do mundo já estão em processo de imunização. Percebe-se entre as pessoas um visível processo de redespertar para a vida. Com o isolamento percebemos o quanto precisamos do outro na nossa vida, o quanto somos carentes do convívio saudável, dos abraços afetuosos, dos apertos de mãos, enfim do contato social e da interação.

O fluxo da vida, porém, ainda exige de todos nós o cuidado com o outro. Não podemos nos descuidar e deixar de tomar as medidas adequadas. Nossas UTI´s e leitos Covid continuam com números consideráveis de internações. Pessoas queridas nossas continuam perdendo a batalha para essa luta inglória. Tudo isso precisa ser levado muito a sério.

A luta pela vida vai vencendo barreiras. Os casos de pessoas reabilitadas são um alento e a perspectiva de luz diante de um contexto tão desafiador. Quem imaginou em fevereiro/março de 2020 que passaríamos por uma situação tão grave e complexa? Mas a vida vai retomando seu fluxo, lentamente, com todo o cuidado necessário, ela precisa ser mantida saudável e feliz.

Deixamos no final desse artigo uma saudação às pessoas que mantiveram suas atividades na linha de frente no combate ao Coronavírus, nosso muito obrigado para todas as pessoas que não mediram esforços no combate a pandemia, no cuidado com as pessoas e com as vidas. Vocês foram incansáveis, destemidos e exemplos para a humanidade. Seremos eternamente gratos a todos vocês. É muito difícil expressar em palavras todos os sentimentos que nos passam nesse momento. A gratidão é enorme em nossos corações. Sintam-se todos abraçados, saibam que vocês importam muito para todos nós.







** O leitor poderá enviar sugestões, dúvidas, questionamentos sobre o tema para o e-mail: emognhon@gmail.com Para agendar atendimentos clínicos utilizar o WhatsApp (54) 99983 9966.



Leia Também Você já ouviu falar da Síndrome de Burnout? Pe. Ivo e Pe. Fernando, gratidão! A convicção e o testemunho da Ressurreição Deus sobre uma árvore