STF decide de forma unânime pela manutenção de prisão do deputado Daniel Silveira

Compartilhe
(crédito: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados   (crédito: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados 

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (17), por unanimidade, manter a decisão do ministro Alexandre de Moraes que determinou a prisão em flagrante do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ).

A prisão foi determinada nessa terça-feira, depois que Silveira, investigado por participação em atos antidemocráticos, divulgou um vídeo com discurso de ódio atacando ministros do Supremo e no qual faz apologia do AI-5, instrumento de repressão mais duro da ditadura militar.

Silveira foi detido no fim da noite em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, e passou a madrugada preso na sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro, na Zona Portuária da cidade. Na decisão, o ministro afirma que houve reiteração de conduta “visando lesar ou expor a perigo de lesão a independência dos Poderes instituídos e ao Estado Democrático de Direito”.


Fonte: G1

Leia Também Prova de vida, pensão por morte e encaminhamento de benefícios: especialista Caroline Pereira orienta na Planalto News ECB Group assina contrato com empresa holandesa para compra de matéria-prima sustentável de Pongâmia Rádio Planalto se torna a primeira emissora do estado a contar com energia elétrica de forma renovável através da geração hidrelétrica CNJ decide aposentar desembargadora por ter beneficiado filho preso em MS