Em formato remoto, iniciam as aulas da rede municipal

Compartilhe

Primeiro dia foi marcado por encontros virtuais que reforçam um ano letivo de construção coletiva de conhecimentos


As aulas iniciaram, em formato remoto, nessa segunda-feira (1) para a rede municipal. Ao longo do dia, alunos e suas famílias tiveram acesso a encontros virtuais, programados pela Secretaria de Educação para dar as boas-vindas e estimular um ano letivo de construção coletiva de conhecimentos.

O secretário de Educação, Adriano Canabarro Teixeira, afirma que o cronograma das escolas foi estruturado com atividades remotas por conta do cenário da pandemia e que a efetivação das propostas contará com o envolvimento de toda a comunidade escolar. “É fundamental que se registre que o retorno remoto em março foi uma opção estratégica da rede a fim de que pudéssemos estar preparados do ponto de vista de infraestrutura e pedagógico. A rede é formada por 71 escolas e precisamos pensar no todo”, destaca.

No primeiro dia do ano letivo de 2021, foram projetados três encontros. O primeiro, às 9h30, foi direcionado aos quintos e nonos anos, a partir da discussão “Estudar pra quê?”, que chama a atenção para a postura dos estudantes no contexto do processo de ensino-aprendizagem, incentivando a sua independência e identidade. As atividades foram desenvolvidas pelo professor e sociólogo Ivan Dourado e pelo contador de histórias Cássio Borges.

Durante a tarde, após as 15h, foi a vez das crianças da Educação Infantil e dos primeiros anos do Ensino Fundamental. Sob a temática “O mundo mágico da escola”, a equipe pedagógica da Secretaria de Educação, com o apoio da Biblioteca Pública Arno Viuniski, levou uma mensagem sobre as instituições serem espaços de descobertas.

À noite, o encontro ocorreu com as famílias, em uma discussão sobre a “Educação para além da escola”. Na reunião on-line, que iniciou às 18h30, o secretário de Educação, Adriano Canabarro Teixeira, a coordenadora pedagógica da Secretaria de Educação, Angelita Scottá, e a promotora Regional de Educação, Dra. Ana Cristina Ferrareze, falaram sobre a importância dos pais ou responsáveis na vida escolar das crianças e adolescentes.

Quem não conseguiu acompanhar a
lguma programação pode ter acesso aos vídeos, que estão disponíveis no canal da Secretaria de Educação no YouTube.


Ensino remoto

Nesse domingo (28), a Justiça determinou a suspensão das aulas presenciais no Rio Grande do Sul enquanto a bandeira for preta. A decisão é válida tanto para as escolas privadas quanto públicas.
Conforme Adriano, a medida não interfere no planejamento feito para a rede municipal, uma vez que, observando a situação da pandemia e as demandas pedagógicas a serem tratadas, o Município já tinha definido a retomada remota das aulas. “Reforçamos que o nosso retorno já estava programado para ocorrer remotamente a fim de que, ao longo do mês, possamos preparar a segurança das escolas e fazer um diagnóstico do que os nossos alunos aprenderam e não aprenderam em 2020, tornando uma possível retomada híbrida mais efetiva no que se refere à aprendizagem”, salienta.


Leia Também Professores vão às ruas em pedido da imunização dos profissionais da educação Vestibulanda de Medicina do RS aguarda resultado do SiSU após gabaritar prova de matemática no Enem IDEAU inaugura Farmácia-Escola e oferece atendimento à comunidade Juíza não aceita pedido do Estado e mantém suspensas as aulas presenciais das escolas