Primeiro Dia de Campo Digital da Coasa recebe grande adesão

Compartilhe

Mesmo com as dificuldades da pandemia covid-19, a Coasa não poderia deixar de realizar o seu Dia de Campo. Antes de ser um grande pilar de relacionamento com empresas parceiras, o Dia de Campo da Coasa é essencialmente um espaço de diálogo, conhecimento e atenção dos associados para novas cultivares de soja e híbridos de milho. O evento auxilia na tomada de decisões dos agricultores para as próximas safras, bem como, apresenta a criação de novas variedades desenvolvidas de acordo com condições e necessidades atuais.

Para cumprir com a responsabilidade de levar conhecimento técnico, respeitando todas as normas de segurança, em 2021 o dia de campo da Coasa foi totalmente digital. Em uma transmissão ao vivo, 15 marcas apresentaram novidades de soja e milho para 2021/2022. Na oportunidade, a Coasa também divulgou seu mix de plantas de cobertura, prática de extrema importância para a preservação e rentabilidade do solo.

Muitos seguidores defenderam a excelência do evento e a importância da iniciativa no digital, permitindo um alcance ainda maior de pessoas, incluindo agricultores, pesquisadores, professores, estudantes e trabalhadores do agronegócio. Alguns seguidores que estavam assistindo a transmissão destacaram: “Quero parabenizar a toda família Coasa por essa bela iniciativa que vem ao encontro dos interesses de todos os associados”. “Ótimo evento. Esse modelo nos permite assistir de qualquer lugar. Abraço a todos. Parabéns”.

                Todas as informações foram transmitidas pelo Facebook e YouTube da Coasa, plataformas que somaram cerca de 6 mil visualizações. Para quem não conseguiu acompanhar, o evento continua salvo nas redes sociais da Coasa e pode ser acessado a qualquer momento. Além disso, nos próximos dias a cooperativa lançará um tour virtual do Dia de Campo Digital, onde o público poderá passear virtualmente e conferir explicações específicas de cada cultivar.

?



Leia Também Primeiro ponto com fibra óptica é instalado no interior de Passo Fundo A força do agronegócio gaúcho supera os impactos da pandemia Colheita e comercialização do pinhão liberadas a partir desta quinta-feira Boletim de agrometeorologia prevê possibilidade de primeiras geadas ainda em abril