Grêmio: Departamento médico veta viagem do técnico Renato ao Equador

Compartilhe
Foto: Lance   Foto: Lance 
O treinador Renato Portaluppi não acompanha a delegação na viagem para Quito, no Equador. De acordo com o médico Márcio Dornelles, Renato queixou-se de dores musculares e apresenta a garganta inflamada.
Conforme a nota oficial do clube,  "Apesar do último RT-PCR, realizado no sábado, ter sido negativo, coletamos um novo teste na manhã desta segunda-feira e aguardamos o resultado. Renato teve pico febril durante a noite e segue indisposto. Com isso, o treinador está fora da delegação que irá para Quito."

Seguindo as determinações médicas, todo integrante do departamento de futebol que apresenta sintoma, por precaução e protocolo, é afastado do grupo e atividades.

A delegação gremista embarca em instantes para seu novo compromisso pela Copa Libertadores. Grêmio enfrenta o Independiente del Vale nesta quarta-feira, no estádio Casa Blanca, em Quito.

Leia Também Grêmio empata em Caxias do Sul no primeiro jogo sem Renato Portaluppi Internacional oficializa contratação de Taison Grêmio: confirmada saída do técnico Renato Portaluppi Grêmio eliminado pelo Independiente Del Valle