Maio Amarelo: Conscientizar sobre o trânsito é tarefa de todos

Postado por: Élvis Mognhon

Compartilhe

Iniciadas em 2014, as campanhas de conscientização sobre um trânsito mais seguro têm gerado inúmeros resultados e conseguido reduzir sobremaneira o número de acidentes fatais no nosso país. No entanto, ainda há um longo caminho a ser percorrido.

Os dados sobre mortes no trânsito são alarmantes. Somente no ano de 2020 21.628 brasileiros perderam a vida nas estradas brasileiras. Dessas mortes, 1.462 ocorreram no Estado do Rio Grande do Sul. É possível observar através desses números que diuturnamente travamos uma batalha sangrenta em nossas estradas e ruas.

É sabido que muitas mortes violentas no trânsito são diferentes formas de suicídio. Os profissionais de saúde mental estão sempre muito atentos a esse fator e o tema é sempre levado muito a sério, especialmente quando o profissional escuta no atendimento que há ideação suicida no paciente.

O trânsito precisa ser discutido por toda a sociedade. Temos percebido as Escolas de Educação para o Trânsito e a importância do seu papel para a conscientização das crianças. No entanto, ainda estamos engatinhando rumo a um trânsito mais seguro. O Código de Trânsito Brasileiro é um dos mais modernos do mundo, mas ainda precisa ser interiorizado e vivenciado pelas pessoas.

Faço um convite para que possamos retomar nossa consciência da importância de um trânsito mais seguro, cortês e preocupado com as outras pessoas. Sejamos mais educados e gentis. Não façamos das nossas estradas pistas de corrida. Façamos uso da direção defensiva e da empatia no trânsito, pois a vida de todos importa.

 

** O leitor poderá enviar sugestões, dúvidas, questionamentos sobre o tema para o e-mail: emognhon@gmail.com Para agendar atendimentos clínicos utilizar o WhatsApp (54) 99983 9966.

Leia Também O Senhor está próximo És tu o Messias esperado? OS TRÊS OPERÁRIOS RABISCOS SEMANAIS: Rosto de Emanuel!