Ansiedade nossa de cada dia

Postado por: Élvis Mognhon

Compartilhe

A ansiedade é uma resposta do ser humano às situações do cotidianas. Em algumas situações essa resposta passa a ser exagerada, causando sofrimento psíquico às pessoas.

Segundo dados de 2020 da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o país com a maior taxa pessoas acometidas por transtornos relacionados de ansiedade do mundo. O número é impressionante: 9,3% da população brasileira apresenta algum tipo de transtorno de ansiedade.

Os transtornos de ansiedade se desenvolvem na infância e tendem a persistir ao longo da vida se não forem tratados. É muito comum ver crianças apresentarem traços de ansiedade desde muito pequenas. Aquela criança que não dorme direito antecipando uma situação futura: visita de um amigo, expectativa de um passeio com a família, festa de aniversário, e outras centenas de situações que são possíveis de observar nos nossos pequeninos.  Ainda enquanto prevalência, os transtornos de ansiedade têm uma incidência maior nas mulheres em relação aos homens (66% para 34%).

Segundo a OMS há uma relação muito presente entre os transtornos de ansiedade e os transtornos depressivos. Em muitos casos os dois estão acompanhados, causando um enorme sofrimento ao indivíduo e ao meio no qual está inserido. A ansiedade tem sido caracterizada por alguns teóricos como o mal do século, devido a sua prevalência na população e os efeitos que tem gerado em termos sociais.

Os profissionais de saúde mental estão à disposição para ajudar no tratamento. Não deixe de procurar ajuda. A psicoterapia é um importante método de tratamento e precisa ser considerado pelo paciente e seus familiares. Associada ao uso de medicação adequada, tem sua ação potencializada e é capaz de ajudar muito no tratamento dos transtornos de ansiedade.

** O leitor poderá enviar sugestões, dúvidas, questionamentos sobre o tema para o e-mail: emognhon@gmail.com Para agendar atendimentos clínicos utilizar o WhatsApp (54) 99983 9966.

 

Leia Também RABISCOS SEMANAIS: Rosto de Emanuel! Quais os caminhos da Direita e da Esquerda? Uma cidade Encantadora!? As Festas de Final de Ano e os Traumas