Vidas findam. Ideias não!

Postado por: Nei Alberto Pies

Compartilhe

Neste último dia 08 de julho de 2021, José Ernani de Almeida fez sua passagem. Ernani, ou professor Ernani, era muito conhecido no meio educacional e no meio político e cultural de nossa cidade Passo Fundo.

 

Registramos depoimentos e mensagens de algumas pessoas que conviveram mais próximos de José Ernani, em reverência à sua vida e à sua história. Nada mais do que um merecido e justo reconhecimento por tudo que professor José Ernani fez pela educação, cidadania e cultura a partir de nossa cidade.

 

***

“Nós da Academia Passo-Fundense de Letras lamentamos profundamente perder um colega de grande valor. O que se pode dizer a respeito?

Na verdade, mesmo sendo a dor, inerente à vida, podemos ter a determinação de tornar nossa existência mais suportável, fornecendo-lhe sentido por meio da busca e da construção da autenticidade. Ernani foi incansável para encontrar um sentido que defina a espécie humana por meio do percurso da alegria e realização, ou da insatisfação e conflito. Ele se somou àquele grupo de pessoas cujo objetivo central é desenvolver a qualidade mais poderosa com que todos nós fomos agraciados: o amor à vida, algo que só é possível devido a raiz da história da humanidade que é a busca da individuação e da aspiração de liberdade”.

(Mauro Gaglietti, membro da Academia Passo-Fundense de Letras)

 

***

“Ernani foi professor de várias gerações em Passo Fundo e região. No ano em que eu nasci, ele iniciou a dar aula em cursos de pré vestibular. Passou pelos principais (Gama, Garra, Medschool entre outros). Foi radialista e secretário de cultura. É seu o legado do Fundo Municipal de Cultura, do Conselho de Cultura e de uma secretaria exclusiva para o tema. Suas aulas show sobre a história da MPB marcaram época.

 

Quando a ignorância e o negacionismo estavam em alta e muitos fugiam do enfrentamento ao pensamento obscuro, Ernani se agigantou. Magrinho, franzino, ele tornou-se um Golias. Não deixava ninguém sem resposta. Tinha paciência e argumentos para todos.

 

Foi alvo de ataques agressivos e irresponsáveis nas redes sociais. Mas nunca reclamou. Enfrentou tudo isso de peito aberto e postura altiva. Foi um intelectual e estudioso até o fim. Sempre devorando livros e produzindo textos. Lembro de quando visitei ele no hospital em POA. Fiquei muito comovido ao ver como ele enfrentou o câncer com uma força de viver incrível. Sempre otimista e com esperança. Essa vontade de viver era para fazer mais pela sociedade e por sua família. Para defender e divulgar a cultura. Era por isso que ele vivia.

 

Foi uma figura humana extraordinária. Seu legado e sua trajetória serão sempre lembrados pelos seus amigos, familiares, colegas e camaradas.

 

Descanse em paz meu irmão e Camarada! Tua luta e teu legado não foram em vão. Tiraremos aqui as melhores lições e principalmente essa tua alegria e otimismo no futuro da humanidade! Saudades eternas”.

(Professor Juliano Roso, Presidente Estadual do PCdoB)

 

***

Um humanista, grande conhecedor da música brasileira. Um professor brilhante de história, uma inteligência lúcida e crítica. José Ernani Almeida nos fará falta, especialmente nestes tempos de trevas. (Pablo Morenno, escritor)

***

Um SORRISO no rosto e um microfone na mão. Assim ele sempre será lembrado. Hoje, o mundo perde uma das pessoas mais encantadoras que tivemos a honra de conviver. Um profissional apaixonado, um amigo honesto, um verdadeiro paizão, intelectual e guerreiro. Lutou até o fim, sem perder as esperanças na vida e em um mundo melhor. Foi uma honra ter oportunidade de aprendermos com você, nosso esterno Mestre José Ernani de Almeida. Viver e não ter a vergonha De ser feliz Cantar e cantar e cantar A beleza de ser Um eterno aprendiz...

(Mensagem da MEDISCHOOL, Escola especializada em cursos de preparação para Vestibular)

***

 “Fomos colegas na implantação da Rádio Planalto. O Ernani foi sempre dedicado à arte e cultura, um missionário da libertação. Perdemos uma das maiores expressões culturais de nossa história regional. Em sua carreira inicial na Rádio Passo Fundo, nos anos 60, fazia coleta ou resenha do noticiário internacional, ou telegráfico. Sempre foi bom observador da arte musical, sagrando-se campeão de audiência na Rádio Planalto com a Grande Parada dos sucessos musicais. Exemplo de dedicação aos estudos como advogado e depois professor de história. Cidadão correto e de dedicação familiar”.

(Celestino Meneghini, comunicador e cronista)

 

José Ernani Almeida foi também um atuante Colaborador Convidado do site neipies.com. Nossos agradecimentos pelas suas instigantes e interessantes reflexões. Suas ideias permanecerão. Segue link de sua coluna como Autor no site: https://www.neipies.com/author/jose-ernani-de-almeida/

 

 

Leia Também A cruz de cada um Rabiscos Semanais - A experiência comunitária do cuidar! Viva o Nosso Rio Grande do Sul Entre o discurso de ódio e a liberdade de expressão: a polarização que não representa a democracia