Mais de 1,5 mil pessoas procuraram uma oportunidade no Café com Emprego

Compartilhe
Foto: Kleiton Vasconcellos / Planalto News   Foto: Kleiton Vasconcellos / Planalto News 

Iniciativa organizada pela Prefeitura de Passo Fundo, com apoio de entidades de classe e empresas de diversos setores, encaminhou mais de 500 pessoas às empresas parceiras. Atividade integrou a programação alusiva ao aniversário de 164 anos do Município

Elisangela Hagen, 42 anos, foi uma das primeiras pessoas a chegar no Clube Juvenil, na manhã dessa quarta-feira (04). Desempregada há poucos meses, ela diz que não pode ficar sem trabalho. “Não tem condições da gente ficar sem emprego. Tenho família para sustentar e a situação está ficando cada dia mais difícil”, contou ela, enquanto preenchia um currículo para, em seguida, se apresentar às empresas e entidades que estavam participando da primeira edição do Café com Emprego, uma iniciativa da Prefeitura de Passo Fundo para fomentar a empregabilidade no município.

Assim como Elisangela, outras 1.500 pessoas tiveram a oportunidade de dialogar com recrutadores de diversas entidades e empresas, de diferentes setores produtivos, buscando a inserção no mercado de trabalho. “O Café com Emprego surge, justamente, da necessidade de reunir em um mesmo espaço empresas que precisam de mão-de-obra e pessoas que procuram vagas de emprego. Nos dedicamos muito para construir um evento que, respeitando os protocolos sanitários de prevenção contra a transmissão do Coronavírus, pudesse ser um facilitador para quem precisa de trabalho”, disse o prefeito de Passo Fundo, Pedro Almeida, ao acompanhar a atividade, realizada dentro da programação alusiva ao aniversário de 164 anos do Município.

Para o prefeito, as 700 vagas disponibilizadas para o Café com Emprego demonstram, entre outros fatores, a retomada da economia local em meio a um cenário de pandemia. “Muitas pessoas perderam seus empregos durante a pandemia e precisam retornar ao mercado de trabalho. Acreditamos que este evento é uma possibilidade concreta disso ocorrer”, defendeu Pedro, agradecendo o empenho de todas as secretarias municipais que contribuíram para a realização da atividade. “Tenho dito que o esforço coletivo de todos nesta gestão tem sido um grande diferencial para todas as ações que realizamos”.

Ações focadas no crescimento econômico
O secretário de Desenvolvimento Econômico, Diorges Oliveira, que coordenou a organização do evento, avaliou o Café com Emprego como uma ferramenta importante para ampliar o papel da Prefeitura e da Administração como indutoras do crescimento econômico. “Das 1.500 pessoas que participaram desta primeira edição do evento, mais de 500 vão passar, agora, por entrevistas individuais e pelos processos internos de cada instituição. É um número bastante expressivo”, observou.
Ainda de acordo com ele, a iniciativa cumpriu com o objetivo de promover o encaminhamento de centenas de pessoas para o mercado de trabalho. “Agora, estas pessoas que cadastraram e tiveram seus currículos pré-analisados no Café com Emprego passarão pelas demais etapas internas de cada empresa. Facilitar este encaminhamento inicial foi essencial para conseguirmos auxiliar muitas pessoas a retornarem para o mercado de trabalho formal”, pontuou.

Uma destas pessoas foi a auxiliar de serviços gerais, Andressa Larissa da Costa, de 23 anos. “Fiquei sabendo do evento através de uma amiga. Vim logo cedo, com uma expectativa muito boa. Quando eu cheguei, fui muito bem recebida pelas equipes de apoio da Prefeitura. Me entregaram um folheto com as vagas disponíveis e segui direto para a empresa que me interessou, que foi a CVF Incorporadora. Conversei com as atendentes, entreguei minha documentação e, para minha surpresa, fui selecionada. Não podia estar mais feliz”, relatou Andressa, que já foi apresentada ao sócio-proprietário da incorporadora, Marcos Daniel.

O empresário destacou o potencial de crescimento da construção civil, um dos setores responsáveis por manter aquecida a geração de empregos diretos e indiretos em Passo Fundo. “As construtoras e incorporadoras abrem postos de trabalho para além dos canteiros de obras. Há outras funções que precisam ser preenchidas e participar do Café com Emprego foi interessante para também conseguirmos nos aproximar dessas pessoas”, comentou Marcos Daniel, falando sobre o cargo para o qual Andressa será efetivada. “Ficamos satisfeitos de fazer parte desta iniciativa e contribuirmos com o município”.

Escola das Profissões
O prefeito de Passo Fundo destacou ainda que o Café com Emprego também foi uma oportunidade para mapear em quais áreas e atividades produtivas estão as maiores defasagens de qualificação profissional no município. “Isso vai nos permitir, em um segundo momento, efetivar um outro projeto que apresentamos durante o processo eleitoral, que é a Escola das Profissões que vai qualificar e preparar a mão-de-obra para o mercado de trabalho”, reiterou Pedro.

Leia Também SindiMetal e funcionários fazem novo protesto em frente à Semeato Semana Nacional do Trânsito: Câmara de Vereadores promove atividades de conscientização Aplicativo Vago facilita a utilização do estacionamento rotativo em Passo Fundo Comunidade da Cohab II Secchi participa do Planalto nos Bairros