Stedile Sementes oferece materiais diferenciados no mercado

Compartilhe
A Stedile Sementes (ex-HS Sementes),  é pioneira na produção  de sementes no Rio Grande do Sul.  Tem mais de 70 anos de trabalho na qualificação de materiais de trigo e soja.  Seu fundador, Henrique Antônio Stedile, (in memoriam),  iniciou as atividades, na Fazenda Santo Isidoro, em Coxilha-RS, nos idos de 1959, e desde 1967 produz sementes certificados.  Ele foi o fundador e primeiro presidente da APASSUL (Associação dos Produtores de Sementes e Mudas do Rio Grande do Sul).  Além de toda essa trajetória, a empresa tem como parceira a Brasmax, detentora das tecnologias campeãs de produtividade no Brasil, como a Ativa, a Raio, a Compacta e o lançamento Brasmax  Cromo, além da BRS 5804 RR, da Embrapa. 

O gerente executivo Mário Klein, salienta que todas essas cultivares, estão sendo  disponibilizadas  aos produtores rurais que, nesse momento, preparam o cultivo de suas áreas. 

A engenheira agrônoma Valentina Stedile, destaca a qualidade das sementes produzidas. Toda a produção é feita em áreas próprias, nada é terceirizado, e com rotação de culturas no inverno e verão. “Dessa forma, nós conseguimos acompanhar todo o processo, no dia a dia, da semente até a semente,  garantindo o controle de qualidade, porque uma semente boa se faz na lavoura e não no armazém”,  afirma a agrônoma.  Lembra também que, de acordo com os boletins de análises,  as cultivares Raio, Ativa e Compacta, apresentam germinação de 90% e vigor acima de 85%. 

Ao falar sobre o período e as condições climáticas recomendadas para o plantio da soja, Valentina, pede ao produtor que fique atento. Cada cultivar tem um período de semeadura recomendado, de acordo com a região.  Ela alerta para os plantios muito antecipados, lembrando  que a semente é um ser vivo, não se pode semear no solo  frio. 

Sobre a semente certificada, relata que, dentre outros benefícios, o produtor estará plantando um material  que passa por avaliações físicas, de pureza, de patógenos, e  a formação de uma boa lavoura exige uma população de plantas adequadas, o que nem sempre a semente salva garante.  “É preciso iniciar bem uma lavoura, se começar mais ou menos, não é no decorrer do estágio que as coisas vão se ajeitar”, conclui. (Stedile Sementes,  054  3311 49 00, www.stedile.com.br, Whats 54 9 8425 9245).






Leia Também Sede da Aprosoja, Abramilho e Abrass é vandalizada pela Via Campesina e MST Cancelada Tarde de Campo da Sementes Webber em Coxilha Sementes Webber realiza Tarde de Campo em Coxilha nesta quinta-feira Stedile Sementes promove Tarde de Campo nesta sexta-feira