A coisa mais bela do mundo

Postado por: Adalíbio Barth

Compartilhe

Um célebre pintor, que havia realizado vários trabalhos de grande beleza, certo dia, convenceu-se de que ainda lhe faltava pintar a sua obra-prima.

Procurando um motivo para realizar o seu sonho, pôs-se a caminho, pensando na pintura que pretendia fazer. Encontrou um sacerdote idoso que lhe perguntou para onde se dirigia.

- Não sei! – respondeu o pintor -. Quero pintar o quadro mais belo do mundo. Talvez o senhor possa me orientar.

- É muito simples - falou o sacerdote -. Em qualquer igreja ou crença, você achará o que procura: a fé é a coisa mais bela do mundo.

O pintor prosseguiu sua caminhada. Mais tarde passou por uma jovem, e perguntou a ela qual era a coisa mais bela do mundo.

- O amor! - replicou ela -. O amor torna as coisas bonitas, suaviza as lágrimas, encoraja os desanimados. Enfim, sem amor não existe alegria na vida.

O pintor continuou sua procura. Ao encontrar um soldado exausto, perguntou-lhe:

- Qual a coisa mais bela do mundo?

O soldado respondeu:

- A paz! A guerra é a coisa mais feia. Quando encontrar a paz, pode ter certeza de que encontrou a coisa mais bela.

Fé, amor e paz. Como poderei pintá-los? – pensou tristemente o artista. E bastante desalentado, tomou o rumo de sua casa.

Ao encontrar a própria família, deu com o que procurava. A coisa mais bela do mundo se encontrava ali: nos olhos de seus filhos brilhava a fé; o amor, no sorriso da esposa; e a paz que lhe falara o soldado morava em seu lar.

Dessa maneira, o pintor realizou o seu sonho: fez o quadro com a coisa mais bela do mundo. E, uma vez concluído, assim o denominou: Minha família.

Leia Também RABISCOS SEMANAIS: Caminhar Juntos(as)! Expectativa e Frustração Vamos falar sobre Outubro Rosa? “Coragem, levanta-te, Jesus te chama!”