Confira o cronograma de vacinação contra a Covid-19 em Passo Fundo

Compartilhe
Foto: Arquivo Planalto News   Foto: Arquivo Planalto News 

A vacinação contra a Covid-19 seguirá nesta semana em Passo Fundo. O cronograma inclui a aplicação de primeiras doses para adolescentes de 12 a 17 anos, além de segundas doses e reforço para idosos profissionais da saúde.


Primeiras doses
- Adolescentes de 12 a 17 anos
Terça-feira (23 de novembro)

Local: CTG Lalau Miranda, das 14h às 19h



- Pessoas com 18 anos ou mais
De terça a sexta-feira (23 a 26 de novembro)

Local: Central de Vacinas, das 8h às 12h.


- Gestantes e puérperas
De terça a sexta-feira (23 a 26 de novembro)
Gestantes e puérperas (que tiveram filhos há 45 dias) que ainda não foram vacinadas

Local: Central de Vacinas, das 8h às 12h




Segundas doses
- Segunda dose da Pfizer
Segunda-feira (22 de novembro)
Pessoas que receberam a primeira dose até o dia 06 de outubro

*Enquanto houver doses

Locais: Ambulatório de Especialidades, UBS Parque Farroupilha, ESF São Luiz Gonzaga, ESF Adirbal Corralo, Ambulatório São José, Cais Vila Luíza, ESF Planaltina, UBS Vila Nova, ESF São Cristóvão, Cais Boqueirão, ESF Nenê Graeff, ESF Santa Marta/Donária, ESF Adolfo Groth, ESF Jaboticabal, ESF Zachia e Cais Hípica.

As ESF, UBS e ambulatórios vacinam das 8h às 12h e os Cais das 8h às 15h.


- Segunda dose da AstraZeneca (Serum / Oswaldo Cruz / Fiocruz)
Quinta-feira (25 de novembro)
Pessoas que receberam a primeira dose há dois meses ou mais e precisam completar o esquema

*Enquanto houver doses

Locais: Cais Boqueirão, Cais Vila Luiza e Cais Hipica, das 8h às 15h, e Ambulatório de Especialidades, Ambulatório São José e UBS Vila Nova, das 8h às 12h



- Segunda dose da Coronavac (Butantan)
Sexta-feira (26 de novembro)
Pessoas que fizeram a primeira dose até 5 de novembro

Locais: Cais Boqueirão, Cais Vila Luiza e Cais Hipica, das 8h às 15h, e Ambulatório de Especialidades, Ambulatório São José e UBS Vila Nova, das 8h às 12h



Terceira dose
- Dose reforço para idosos
Terça-feira (23 de novembro)
Idosos com 60 anos ou mais que receberam a segunda dose até 23 de junho

Quarta-feira (24 de novembro)
Idosos com 60 anos ou mais que receberam a segunda dose até 24 de junho

*Enquanto houver doses

Locais: Ambulatório de Especialidades, UBS Parque Farroupilha, ESF São Luiz Gonzaga, ESF Adirbal Corralo, Ambulatório São José, Cais Vila Luíza, ESF Planaltina, UBS Vila Nova, ESF São Cristóvão, Cais Boqueirão, ESF Nenê Graeff, ESF Santa Marta/Donária, ESF Adolfo Groth, ESF Jaboticabal, ESF Zachia e Cais Hípica.

As ESF, UBS e ambulatórios vacinam das 8h às 12h e os Cais das 8h às 15h.

Importante: a vacinação será realizada enquanto houver doses disponíveis.



- Dose reforço para profissionais da saúde
Terça-feira (23 de novembro)
Profissionais e estudantes da área da saúde que receberam a segunda dose até 23 de junho

Quarta-feira (24 de novembro)
Profissionais e estudantes da área da saúde que receberam a segunda dose até 24 de junho

*Enquanto houver doses

Locais: Ambulatório de Especialidades, UBS Parque Farroupilha, ESF São Luiz Gonzaga, ESF Adirbal Corralo, Ambulatório São José, Cais Vila Luíza, ESF Planaltina, UBS Vila Nova, ESF São Cristóvão, Cais Boqueirão, ESF Nenê Graeff, ESF Santa Marta/Donária, ESF Adolfo Groth, ESF Jaboticabal, ESF Zachia e Cais Hípica.

As ESF, UBS e ambulatórios vacinam das 8h às 12h e os Cais das 8h às 15h.

Documentos: além de documento de identificação com foto, CPF ou cartão SUS e carteirinha de vacinação, os profissionais da saúde terão de apresentar a carteira com registro no conselho correspondente à profissão; já os estudantes precisarão portar o comprovante de matrícula.


- Dose de reforço para pacientes imunossuprimidos
De terça a sexta-feira (23 a 26 de novembro)

Imunossuprimidos graves que receberam a segunda dose em um período igual ou superior a 28 dias.

Local: Central de Vacinas, das 8h às 15h.

Documentos necessários: documento de identificação com foto, CPF ou cartão SUS, carteirinha de imunização contra a Covid-19 e atestado médico ou receitas atualizadas de medicamentos de uso contínuo.

Se encaixam nas imunossupressões de alto grau:
- imunodeficiência primária grave;
- quimioterapia para câncer;
- transplantados de órgão sólido ou de células-tronco hematopoiéticas (TCTH)
em uso de drogas imunossupressoras;
- Pessoas vivendo com HIV/Aids;
- Uso de corticoides em doses ?20 mg/dia de prednisona, ou equivalente,
por ?14 dias;
- Uso de drogas modificadoras da resposta imune;
- pacientes em hemodiálise;
- pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas,
autoinflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

Leia Também Passo Fundo começa a semana com o menor número de casos ativos em um ano e meio Covid-19: Chile começa a vacinar crianças a partir dos 3 anos de idade Confira o cronograma de vacinação de 06 a 10 de dezembro em Passo Fundo RS confirma primeiro caso da variante Ômicron