RABISCOS SEMANAIS: Dia D - Dia dos Grupos de Jovens!

Postado por: Leandro de Mello

Compartilhe


Grupo de Jovens! Conheces? Participas? Reverbera a canção juvenil: “o grupo de jovens é o lugar de felicidade, resistência e de paz. De fugir do individualismo, nestes pagos vida nova vai brotar!” (Sonhos e Pandorgas). Dentre as magnas características juvenis está a criatividade em encontrar-se, constituindo grupos. Há grupos esportivos, de lazer, de estudos, eclesiais, etc. A juventude, os jovens e as jovens, revela-se uma “categoria social” com grande aptidão para agrupar-se.

A caminhada histórica de evangelização juvenil brasileira articula seu jubileu de ouro – 50 anos. Ao peregrinar, à luz do Evangelho, na alteridade profética e sócio transformadora, a Pastoral da Juventude, por exemplo, compreende que o “Grupo de Jovens é um lugar sagrado, de felicidade, encontro, partilha, carinho, aconchego e ternura”. O contexto pandêmico, todavia, impossibilitou a realização de inúmeras atividades presentes no plano de ação pastoral. Como alternativa, frente ao salutar período de distanciamento social, foram propostas cirandas virtuais no intento de manter contato, resguardar o ânimo participativo e provocar vias de articulação. E, Grupo de Jovens, online, vive? 

O crescente índice de pessoas vacinadas contra a Covid-19 e a diminuição nas estatísticas de novos casos e óbitos traz acalento e fortalece a esperança para possibilidade de reorganização dos encontros presenciais nos Grupos de Jovens. Sabe-se, entretanto, quão necessária será a atenção e o zelo perante os cuidados com o bem estar pessoal e comunitário. Faz-se importante considerar os reais desafios neste contexto pandêmico e pós-pandemia.

A Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB, oportunamente, apresentou a cartilha: Novos Horizontes – Manual de Retorno das Práticas Juvenis”. Material deveras significativo ao apontar luzes aos passos vindouros. A Coordenação Nacional da Pastoral da Juventude, juntamente com a Comissão Nacional de Assessoras e Assessores e a Secretaria Nacional propôs às juventudes o Dia D – Dia dos Grupos de Jovens”, a realizar-se, em 27 de novembro de 2021, em todas as (Arqui)Dioceses como sinal de unidade e reorganização das ações e articulações dos Grupos de Jovens brasileiros.

O Dia D, 27 de novembro, revela-se simbólico às juventudes e às comunidades cristãs, pois, coincide com a abertura do Advento, tempo de espera-esperança para a Festa do Natal, nascimento de Jesus Cristo. Ademais, encerrar-se-á neste período a Assembleia Eclesial Latino Americana e Caribenha que reflete o lema “Todos somos discípulos missionários em saída”, configurando a missão juvenil e de toda Igreja, à comunhão com o Papa Francisco.

A articulação do encontro, local, horário, divulgação, disposição de espaço com atenção ao distanciamento e aos demais cuidados cabe a cada grupo de jovens, comunidade ou paróquia, nas diversas (Arqui)Dioceses e regiões brasileiras. Como instrumento facilitador, propôs-se um roteiro de encontro a partir do tema: “Ficai de sobreaviso. Vigiai: porque não sabeis quando será o tempo” (Mc 13, 33), com cânticos, dinâmicas, reflexões, orações e compromissos (https://drive.google.com/file/d/1ym6zA-WdPNqBXTUMT-wsEagSibs5nmwR/view).

Na Arquidiocese de Passo Fundo a Pastoral da Juventude articula-se propondo encontra-se, em Carazinho RS, ao realizar a “Vigília dos Mártires!” O Curso de Liderança Juvenil (CLJ), posteriormente ao dia D, em 04 de dezembro, no Santuário Aparecida, celebrará a “Noite de Luz!” Há Grupo de Jovens na sua comunidade? Coragem! Encontre-se com seu Grupo de Jovens e convide outros(as) jovens. Caso sua paróquia/comunidade não tenha, ainda, Grupo de Jovens, organize um encontro para jovens, dialogue com outras pessoas (lideranças) e mobilize a participação de todos(as).

 

Padre Leandro de Mello - @padreleojuventude. Passo Fundo, 23 11 2021.

 

Leia Também As lebres e as rãs RABISCOS SEMANAIS: À Manjedoura, o Grupo de Jovens! Viver e confraternizar: a alegria do final de ano Preparai o caminho do Senhor!