O jovem missionário

Postado por: Adalíbio Barth

Compartilhe

Em certa comunidade cristã, um jovem que recém fora ordenado padre, com a concordância de seu bispo, resolveu integrar uma equipe missionária e partir para um país distante.

Na igreja daquela comunidade houve orações, discursos, cantos e, por fim, o envio do mensageiro da fé. Terminada a celebração, já no pátio da igreja, surgiram as divergências.

- Como podemos aceitar isso? Aqui não temos padres, esse é o primeiro de nossa comunidade, e agora vai nos deixar e partir para longe, no meio de um povo que nem conhecemos?

Outros acrescentavam:

- É isso aí! Temos que pensar primeiro em nós e depois nos outros!

E as discussões foram prosseguindo. Um leigo, consciente da missão da igreja, diante das reclamações dos fiéis, assim interveio:

- Vocês estão falando de um jeito que nem parecem cristãos. Se Deus chamou um filho de nossa terra para trabalhar na África, quem somos nós para nos opor? Cada um deve seguir a missão que Deus lhe reservou.

E uma senhora completou:

- Se não tivessem vindo da Europa os missionários, com muito amor e sacrifício, estaríamos vivendo aqui como bichos.

Ninguém mais se manifestou sobre a decisão do jovem missionário, prestes a doar-se pelos irmãos africanos.

Leia Também As lebres e as rãs RABISCOS SEMANAIS: À Manjedoura, o Grupo de Jovens! Viver e confraternizar: a alegria do final de ano Preparai o caminho do Senhor!