Ranolfo Vieira Jr. em entrevista à Planalto News: "Me sinto legitimado para a sucessão do governador Eduardo Leite"

Compartilhe
O governador em exercício Ranolfo Vieira Júnior, que segue à frente dos trabalhos no Piratini no dia 3 de janeiro de 2022, concedeu entrevista à Rádio Planalto News (FM 92.1) nesta quarta-feira, 29. 
O balanço foi positivo para os trabalhos do Governo do Estado. Segundo Ranolfo, é preciso fazer uma retrospectiva do início da atual gestão, com as dívidas e hoje pagando efetuar o pagamento em dia do funcionalismo, sem a necessidade do Banrisul. O Governo tem implementado reformas que reduziram o déficit previdenciário de R$ 13 bilhões em 2019 para R$ 10,3 bilhões em 2020, quitou passivos de curto prazo, como os salários e o 13º salário do Executivo. Mesmo assim, ainda seguem os desafios com a busca de operação de crédito de US$ 500 milhões (cerca de R$ 3 bilhões) para pagamentos em acordos diretos com credores.
Ranolfo era filiado ao PTB e depois se desligou do partido pelas críticas feitas ao governo gaúcho. Após quatro meses, confirmou sua filiação ao PSDB em 27 de setembro deste ano.
Sobre a sucessão ao governo estadual, o seu automaticamente aparece como cotado para a sucessão para a ser o candidato que irá concorrer ao cargo hoje ocupado por Eduardo. "Me sinto legitimado para a sucessão", destacou em entrevista ao apresentador João Altair, no programa Na Ordem do Dia.
Ligado à Segurança Pública, como secretário da pasta, Ranolfo Vieira Junior também se manifestou sobre as ações realizadas.

ACOMPANHE A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA (áudio)



Foto: Twitter/Governo RS

Leia Também Câmara de Vereadores sedia audiência pública do Estado sobre segurança pública Definido ato público com Lula no Rio Grande do Sul TSE aprova registro de federação partidária entre PT, PCdoB e PV Deputados do PT entram com ação contra Sergio Moro por prejuízos causados ao país