Prefeitura de Coxilha adota turno a único a partir do início de janeiro

Compartilhe


O prefeito de Coxilha, João Manica, no uso de suas atribuições legais faz saber que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e ele sanciona e promulga a lei específica.

Assim, fica instituído turno único contínuo de seis horas diárias no serviço público municipal, sem prejuízo à remuneração dos servidores, a ser cumprido no período compreendido entre as 7h e 13h, de segunda a sexta-feira, com exceção da Secretaria Municipal da Saúde e Unidade Básica de Saúde, as quais manterão os atuais e ordinários horários de funcionamento.

O turno único vigorará até 15 de fevereiro de 2022, podendo ser prorrogado por até 30 dias.

A Lei entra em vigor no primeiro dia útil do ano de 2022.


Ainda em Coxilha foi decretada situação de emergência pela situação da estiagem:

Decreto nº 1.859 – Declara Situação de Emergência pela Estiagem
O Prefeito Municipal de Coxilha João Manica, no uso de suas atribuições legais decreta que fica declarada Fica declarada Situação de Emergência nas áreas do município contidas no Formulário de Informações do Desastre - FIDE e demais documentos anexos a este Decreto, em virtude do desastre classificado e codificado como ESTIAGEM - COBRADE 1.4.1.1.0, conforme IN/MDR nº 36/2020, de 04 de dezembro de 2020.
Confira o Decreto nº 1.859, de 30 de dezembro de 2021 completo.

Leia Também Lar de Idosos de Tapera, após incêndio em 2016, volta a funcionar dentro da normalidade Mato Castelhano perde o ex-vereador Jaci Breda Concluída com sucesso a 8ª ExpoPontão EGR anuncia obras na rodovia que liga Passo Fundo a Erechim