Celebrar a vida

Postado por: Élvis Mognhon

Compartilhe

Viver intensa e plenamente deveria ser um dos nossos maiores objetivos enquanto humanos. Precisamos celebrar a vida todos os dias, mesmo em meio as adversidades, sempre temos algo para comemorar.

Na semana que passou completei mais um ano de vida. No meu aniversário sempre fico muito reflexivo sobre diversas dimensões da minha vida. Conforme a expectativa média de vida do povo brasileiro de 76,8 anos, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), estou passando um pouco da metade da minha vida. Isso por si só me geram grandes reflexões: O que estou fazendo da minha vida? Quais são meus projetos, expectativas e buscas para a próxima metade da minha vida? Penso que essas reflexões também inquietam, ou deveriam inquietar, a maioria das pessoas.

Muitas pessoas passam suas vidas esperando algo. Seja um emprego melhor, uma parceria afetiva arrebatadora, uma promoção, um prêmio, e muitas vezes esquecem de correr atrás dos seus objetivos, metas, superando desafios e trilhando um caminho positivo.

A vida precisa ser celebrada, precisa ser vivida intensamente. Ela é repleta das escolhas que fazemos ou que deixamos de fazer. A grande pergunta é: Conseguimos mudar o curso das nossas vidas? Com certeza, a partir da autorreflexão e da busca de um caminho mais assertivo e que contemple de forma mais apropriada os elementos que nos tornam mais felizes.

Viver plenamente continua sendo essencial. Muitas pessoas apenas existem, elas precisam renascer para a vida. A vida merece ser vivida com intensidade, em plenitude e especialmente celebrada todos os dias.

** O leitor poderá enviar sugestões, dúvidas, questionamentos sobre o tema para o e-mail: emognhon@gmail.com Para agendar atendimentos clínicos utilizar o WhatsApp (54) 99983 9966.

Leia Também O Senhor está próximo És tu o Messias esperado? OS TRÊS OPERÁRIOS RABISCOS SEMANAIS: Rosto de Emanuel!