As Expectativas da Vida

Postado por: Élvis Mognhon

Compartilhe

Faz parte do ser humano criar e nutrir expectativas. Elas estão presentes sempre, em todos os espaços de interação, trabalho, relações sociais, família.

Muitas expectativas que criamos, confrontadas com a realidade, nos decepcionam. As expectativas são formas de anteciparmos a realidade, criarmos cenários e gerarmos hipóteses.  

O mundo virtual e as redes sociais constantemente apresentam cenários que geram expectativas significativas nos seus seguidores. Muitas vezes tais cenários são inatingíveis na realidade. Quantos de nós deixamos de viver nossa realidade para viver a ilusão do outro? “O Golpista do Tinder”, filme recentemente lançado e sucesso de audiência, apresenta entre suas mensagens e lições, o quanto podemos ser ludibriados pelas nossas expectativas e buscas.

O ser humano sempre terá que trabalhar com a dicotomia: expectativa e realidade. Elas sempre farão parte das nossas vidas. Ora nossas expectativas vão se confirmar, transformando-se em realidade, ora teremos nossas expectativas frustradas e uma outra realidade diferente daquela que projetávamos vai se apresentar.

O exercício do autogerenciamento das nossas expectativas é possível. A regulação emocional pode ajudar muito, especialmente evitando sofrimentos desnecessários. A psicoterapia pode auxiliar muito com ferramentas e estratégias, adequando de forma saudável as expectativas, inclusive ressignificando algumas crenças e experiências.

 

** O leitor poderá enviar sugestões, dúvidas, questionamentos sobre o tema para o e-mail: emognhon@gmail.com Para agendar atendimentos clínicos utilizar o WhatsApp (54) 99983 9966.

Leia Também O Senhor está próximo És tu o Messias esperado? OS TRÊS OPERÁRIOS RABISCOS SEMANAIS: Rosto de Emanuel!