Câmara de Vereadores participa de lançamento da campanha Maio Amarelo 2022

Compartilhe

Uma ação realizada no teatro Múcio de Castro na tarde desta sexta-feira (29) oficializou o lançamento da campanha Maio Amarelo 2022. A ação foi empreendida pelo Núcleo de Educação para o Trânsito da Secretaria de Segurança Pública do Município e contou com a colaboração dos membros da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Trânsito Seguro do Parlamento. Além dos vereadores da Frente Parlamentar, o presidente da Câmara, vereador Evandro Meireles (PTB), o secretário municipal de Segurança Pública, João Darci Gonçalves da Rosa e o coordenador do Núcleo de Educação para o Trânsito, Emerson Drebes.

Também estiveram presentes os vereadores Tadeu Trindade (PDT) e Gio Krug (PSD), bem como representantes de órgãos de segurança pública, da Coleurb, de empresas de formação de condutores, da Universidade de Passo Fundo (UPF) e de entidades comunitárias. Nesta ocasião, ainda foi realizado o pré-lançamento do Estatuto do Pedestre, que tramita no Legislativo como Projeto de Lei, visando implementar ações por um trânsito mais seguro no município.

Emerson Drebes destacou a importância da campanha deste ano, cujo tema é “Juntos salvamos vidas”, no intuito de focar na contínua redução de incidentes e vítimas de atropelamentos no trânsito, sem esquecer de motoristas e passageiros nos demais casos. Ele reforça que todos os lados possuem responsabilidades, portanto, uma consciência coletiva para que haja equilíbrio e prudência tanto para motoristas quanto para pedestres. “O papel que temos no trânsito nos coloca responsabilidades e, além disso, o trânsito é feito para todos. Por isso temos que adaptar situações que contemplem todos os usuários e que tragam segurança para todos eles”, pontuou.

A vice-presidente da Frente Parlamentar Mista, vereadora Janaína Portella (MDB), salientou o trabalho exercido pela comissão, que finalizou suas atividades neste mês de abril. Ela também enfatizou uma marca positiva de um trabalho construído em conjunto pela frente parlamentar que terá continuidade por novas ações. A vereadora ainda sublinhou que a educação e a conscientização no trânsito devem ser trabalhadas de forma permanente. “Isto é uma realidade que deve ser trabalhada todo dia, culturalmente, com educação a todas as pessoas que vivem em nosso município. Essa é uma cultura que deve ser sempre relembrada em escolas e ambientes educacionais e no dia-a-dia com os cidadãos”, completou.

O secretário João Darci Gonçalves lembrou que as campanhas de conscientização já apresentam pontos positivos, mas advertiu que o trabalho deve ser intensificado para uma maior integração de todas as partes no trânsito. Ele apontou que os números de atropelamentos ainda são expressivos e que o Estatuto do Pedestre deve trazer grande colaboração para uma redução dos incidentes. O secretário entende que uma colaboração mútua provocará um menor índice de acidentes. “O trânsito depende de todos nós. Todos sempre seremos pedestres e precisamos estar atentos a aqueles que mais precisam, que são as crianças e as pessoas idosas, O Poder Público deve priorizar a atenção na identificação de pontos de passagem para os pedestres”, pontuou.

O vereador Wilson, que foi o presidente da Frente Parlamentar, sublinhou o papel do Maio Amarelo quanto à conscientização e transmissão de informações sobre condutas adequadas de transito. Ele observou que a continuidade de ações voltadas ao trânsito oferece bons resultados, exemplificando as ciclovias, que eram inexistentes há dez anos no município. O parlamentar ainda reforçou que o Estatuto do Pedestre visa ampliar um envolvimento na cidade para além do trânsito, envolvendo a sociedade como um todo, fomentando um trabalho educacional. “Que possamos criar uma cultura do uso da faixa de pedestres, por exemplo, para que a relação possa ser tranquila entre pedestres e condutores de diferentes modais. Por isso se visa um trabalho educacional permanente, em parceria com a Secretaria de Segurança Pública, para que se crie essa cultura junto aos estudantes e se estenda às famílias”, afirmou.

O presidente Meireles salientou o trabalho realizado pelas entidades envolvidas em relação ao Maio Amarelo e o desempenho da Frente Parlamentar Mista junto ao trânsito do município. Ele corroborou com a ideia da realização de ações permanentes visando uma melhor educação e harmonia nas vias da cidade, além de saudar o Estatuto do Pedestre, entendendo que ele auxiliará pedestres e motoristas no entendimento de regras e em uma maior harmonia mútua. Meireles ainda sugeriu que o Poder Público implemente projetos ousados para o município. “Se pode implementar passarelas, elevados, corredores de ônibus, viadutos. Precisamos destas ações para melhorar a mobilidade urbana de nossa cidade, pois nosso trânsito precisa de maior agilidade, já que há uma dificuldade enorme em horários de pico. Por isso deixo essa provocação para que o Poder Público implemente ações visando uma melhor trafegabilidade e segurança em nosso município”, concluiu.

Estatuto do Pedestre

O documento tramita na Câmara como Projeto de Lei e é resultado da discussão promovida ao longo de 180 dias de atuação do grupo de trabalho, entre os parlamentares membros da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Trânsito Seguro, com participação de representantes da comunidade e do Executivo. Contribuíram para sua construção a Secretaria Municipal de Segurança, também o Núcleo de Educação para o Trânsito, Coleurb e empresas de formação de condutores.  

 A Frente Parlamentar Mista atuou com a seguinte composição: vereadores Wilson Lill (PSB), como presidente, Tadeu Trindade (PDT), como relator, Janaína Portella (MDB), como vice-presidente, além de Nharam Carvalho (DEM) e Gio Krug (PSD).

Foto: Comunicação Digital / CMPF 

Leia Também Lula diz não ter rancor por prisão: “Estou apaixonado” PSB reafirma que Beto Albuquerque vai ao Piratini Em nota, Centro Terapêutico de Carazinho afirma que todos os alvarás estavam em dia Eva Valéria Lorenzato anuncia pré-candidatura à Deputada Estadual pelo PT