Os 100 anos da presença das Irmãs de Notre Dame no Brasil: “Olhar para o passado com gratidão e, para o futuro, com esperança!”

Compartilhe

Marcada por trajes de época, hinos de louvor e preces de esperança, uma cerimônia religiosa celebrada na manhã de terça-feira (09) enalteceu a história centenária da presença das Irmãs de Notre Dame no Brasil. Prestigiando-a, os funcionários e as religiosas que atuam junto à sede administrativa da Província da Santa Cruz puderam confraternizar com a Superiora Provincial, Irmã Dirce Slaviero, em sua visita anual à comunidade.

Presidida pela mais alta autoridade eclesiástica da Arquidiocese de Passo Fundo, o Arcebispo Dom Rodolfo Weber, além do Vigário Geral e auxiliar da Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, Padre Fábio de Morais, e do pároco da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, Padre Adelar Dalsoto, a missa enfatizou como o jubileu inspira, concomitantemente, agradecimento e expectativa.

Em sua homilia, Dom Rodolfo também relacionou o evangelho e as imagens sacras que ornamentam a capela do Colégio Notre Dame Passo Fundo - todas elas acompanhadas de crianças -, com o compromisso assumido pelas Irmãs que agem a exemplo de Santa Júlia Billiart. “Olhai para os pequeninos, eles sempre estarão em vosso meio”, encorajou. E, finalizou com uma mensagem às religiosas e aos leigos: “Olhar para o passado com gratidão e, para o futuro, com esperança!”

A Superiora Provincial, por sua vez, refletiu a respeito de como, chegada ao Brasil em 1923, a missão Notre Dame segue frutificando. “Deus tem sido muito bom para conosco. Manter vivo o carisma de proclamar a bondade de Deus e Seu amor providente nos desafia, diariamente, a sermos perseverantes e a estarmos atentos à realidade. Nós, Irmãs e leigos, temos um compromisso diário com a educação, com a saúde e com a assistência social daqueles que nos são confiados”, enfatizou Irmã Dirce.

Ao final da celebração, os presentes foram surpreendidos com lápis dotados de sementes de figueira branca. Ao longo das festividades alusivas ao centenário, mais de 20 mil deles serão distribuídos no Brasil, bem como nas Missões Ad-gentes capitaneadas pelas Irmãs brasileiras. 




CRÉDITOS: DIVULGAÇÃO/REDE NOTRE DAME

Leia Também Loreni Salvi, a Lore do Centro de Pastoral, conclui seu trabalho na Arquidiocese de Passo Fundo Últimos preparativos para a Romaria de Nossa Senhora Aparecida Arquidiocese de Passo Fundo celebrará ordenação do seminarista Dalcinei Sacheti Padres da Arquidiocese participam de curso sobre saúde mental