Cidade Educadora: Prefeitura propõe desafio para diretores e coordenadores pedagógicos da rede municipal

Compartilhe
Vencedores terão oportunidade de conhecer Sobral, cidade referência em educação no país, além da sede da empresa Google em São Paulo

A Prefeitura de Passo Fundo apresentou, nesta quarta-feira (10), o Desafio Cidades Educadoras a diretores e coordenadores pedagógicos da rede municipal. Com o objetivo de disseminar o conceito de cidade educadora em todo o território, a iniciativa terá como premiação uma viagem a Sobral, referência em educação no país, e à sede da empresa Google em São Paulo, onde Passo Fundo irá compartilhar sua experiência com o uso de tecnologia para outros municípios do Brasil.

O prefeito Pedro Almeida enfatizou a importância de se compreender que o conceito de cidade educadora transcende o muro da escola. “A educação ocorre no espaço escolar e também fora dele. Uma cidade educadora ensina através da Cultura, dos costumes, dos espaços públicos, da interação com seus habitantes. Queremos cada vez mais que as pessoas sintam-se parte desse processo", afirmou.

O desafio é direcionado a todas as EMEIs e EMEFs que desejarem ajudar na criação de uma cidade mais justa e equitativa para todos os cidadãos. Cada escola deverá construir um banner contendo os motivos pelos quais Passo Fundo é uma cidade educadora. Os banners serão submetidos à avaliação de uma comissão julgadora composta por representantes da Coordenação da Cidade Educadora de Passo Fundo e do projeto de extensão UniverCidade Educadora da Universidade de Passo Fundo. Também serão submetidos a um juri popular.

Conforme o secretário de Educação, Adriano Canabarro Teixeira, embora a cidade educadora seja aquela que cria condições de desenvolvimento humano para fora dos portões das escolas, as escolas e professores têm um papel importante no processo de descoberta da dimensão pedagógica dos outros agentes da sociedade. “A realização desse desafio contribuirá não somente para o aprofundamento do conceito de cidade educadora pelas escolas, professores e alunos, mas também e principalmente, na comunicação dessa ideia-força para sociedade em geral”, afirmou.

A avaliação será feita durante o mês de setembro de 2022. Os diretores e coordenadores pedagógicos das 4 escolas selecionadas (2 EMEIs e 2 EMEFs) participarão gratuitamente da Missão Educação do Futuro, com a seguinte programação:


09/11 - Vista a Sobral/CE | 

10/11 - Visita a iniciativas educacionais inovadoras em São Paulo/SP
Escola do Futuro - USP
Parque CienTec - USP

11/11 - Participação do Workshop Tecnologias Google a Serviço da Educação na sede do Google SP 


Leia Também Após dois anos de covid, um em cada quatro jovens não estuda Prefeito Pedro Almeida recebe alunos vencedores do projeto Missão Cidade Educadora Faculdades IDEAU oferecem Vestibular Agendado Acadêmicas do curso de Letras da UPF participam de atividade na Polônia