França registra o primeiro caso de transmissão de varíola do macaco em cachorro

Compartilhe
Imagem Ilustrativa   Imagem Ilustrativa 
Cientistas da França anunciaram o primeiro caso de infecção de um animal doméstico pelo vírus monkeypox, causador da varíola do macaco, que pode ter sido transmitido por humanos.
Os pesquisadores relatam que os tutores apresentavam lesões características de varíola do macaco compareceu ao Hospital Pitié-Salpêtrière, em Paris, onde foi confirmado, após exames, o diagnóstico da doença.

Doze dias após o início dos sintomas no casal, o cachorro deles, de 4 anos, da raça galgo-italiano, "apresentou lesões mucocutâneas, incluindo pústulas no abdômen e uma ulceração anal fina".

Os cientistas acrescentaram que houve compatibilidade genética de 100% entre o vírus que infectou um dos pacientes e o do cão.

Os tutores relataram que dormiam juntos com o cachorro. Eles tiveram o cuidado de evitar que o cão entrasse em contato com outros animais de estimação ou humanos desde o início de seus próprios sintomas (ou seja, 13 dias antes de o cão começar a apresentar manifestações cutâneas).

Leia Também Trabalhos de conscientização sobre a causa animal retornam às escolas Cobra encontrada em via pública no Bairro Cidade Nova Bugio chama atenção ao sentar em viatura da Brigada Militar RS apresentará ações climáticas na COP27 no Egito