Eleições 2022: candidatos já gastaram R$ 3 bilhões na campanha eleitoral

Compartilhe

Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que, até o início da tarde deste sábado, os candidatos às eleições de outubro gastaram R$ 3.059.597.962,54 em suas campanhas. Desse valor, 96,5% (R$ 2,9 bilhões) saíram dos cofres públicos e os outros 3,5% (R$ 106 milhões) vieram de recursos privados.

O montante de despesas já contratadas mas que ainda não foram pagas é ainda maior, supera R$ 3,4 bilhões. As informações estão disponíveis na página DivulgaCandContas, do TSE, com detalhes sobre as candidaturas em todo o país.

As candidaturas a deputado federal representam a maior fatia do investimento, com R$ 229,2 milhões distribuídos entre 10.572 candidatos. As campanhas para governador já gastaram R$ 96,9 milhões. Já para deputados estaduais, o gasto foi de R$ 99,7 milhões. No caso de presidente da República, R$ 44 milhões. Já para senadores e deputados distritais, as campanhas gastaram R$ 34,3 milhões e R$ 3,6 milhões, respectivamente.

Leia Também Anvisa determina novamente o uso obrigatório de máscaras em aviões e aeroportos Justiça nega pedido de soltura para anestesista acusado de estupro Quem pode solicitar passaporte emergencial ou de urgência à Polícia Federal? Criança é encontrada dormindo em casinha de cachorro em SC