Festival Danzpare Brasil visita mais de 120 escolas em cinco cidades do estado

Compartilhe

A dança, o folclore e as cores de cada uma das 11 culturas presentes na quarta edição do Festival Internacional de Dança Patrimonial em Pares encanta os alunos das escolas que recebem os bailarinos. Desde o dia sete de setembro, os casais realizam apresentações nas redes municipais, estaduais e privadas, além de ONGs, nas cidades de Fortaleza dos Valos, Cruz Alta, Pelotas, Marau e Passo Fundo.

Ao todo, até o final da programação, mais de 120 escolas do estado terão recebido os pares da Argentina, Bolívia, Costa Rica, Colômbia, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai e Peru. O intercâmbio cultural é um compromisso do Danzpare Brasil para espalhar a cultura do mundo ao maior número possível de pessoas. A bailarina da Argentina, Guadalupe Bastianello conta que a experiência vivida no Brasil ficará marcada para toda sua vida. “Além da interação entre os bailarinos, as visitas nas escolas nos encantam. O brilho no olhar de cada criança e o interesse deles por conhecer mais sobre o nosso país é o que faz tudo valer a pena”, afirma.

A programação do Danzpare Brasil segue até o próximo sábado, com shows públicos gratuitos à comunidade. Na sexta-feira (16), às 17h30min, os 11 bailarinos fazem um desfile na Rua Moron, da Fagundes dos Reis até a Coronel Chicuta e na sequência, às 18h30min se apresentam em um espetáculo no Bella Città Shopping. O encerramento oficial acontece no sábado (17) com show público no anfiteatro do Parque da Gare, às 16h30min. “Neste ano o festival cresceu de forma exponencial, superando todas as nossas expectativas. As extensões a outras três cidades fizeram com que ainda mais pessoas pudessem ter acesso à cultura de outros países. Com certeza iremos alcançar a marca de 60 mil pessoas contempladas pelo Danzpare Brasil”, afirma a produtora do festival, Raquel Rubert Pereira.

O Danzpare Brasil é realizado pela Baillar Centro de Danças, Folk International Group (Associação de Festivais Folclóricos da Costa Rica), Associação e Organização de Festivais de Folclore do Estado do Rio Grande do Sul (AOFFERS) e Conselho Internacional de Dança da UNESCO (CID).


Foto: Lucas França/Comunicação Danzpare Brasil

Leia Também Desfile marca Semana da Consciência Negra em Passo Fundo Stara promove show com Leonardo nesta sexta em Não-Me-Toque; ingressos disponíveis em Passo Fundo Aberto oficialmente o Natal Ecológico Boqueirão Legal Emoção e fé: aberta a programação da Cantata Natalina 2022