Polícia Civil prende 9 pessoas em Getúlio Vargas e Tapejara na ''Operação Ilusão''

Compartilhe
Fotos Diego Camargo/Portal Tchê   Fotos Diego Camargo/Portal Tchê 

Na manhã desta sexta-feira, 23, a Polícia Civil realiza a Operação ILUSÃO nos municípios de Getúlio Vargas e Tapejara. Estão sendo cumpridas 22 ordens judiciais, sendo 14 Mandados de Busca e Apreensão, 8 Prisões Temporárias, sendo 3 em Getúlio Vargas e 5 em Tapejara, todas expedidas pelo 2º Juízo da 2ª Vara Estadual de Processo e Julgamento de Crimes de Organização Criminosa e Lavagem de Dinheiro de Porto Alegre. Uma pessoa acabou sendo presa em flagrante totalizando 9 prisões na operação, até o momento.

A operação é resultado de aproximadamente seis meses de investigações conduzidas pela Delegacia de Polícia de Getúlio Vargas e objetivou desarticular uma Organização Criminosa responsável por fornecer grande volume de drogas para as cidades de Getúlio Vargas, Tapejara e região. A investigação apurou que a Droga (cocaína, maconha, crack e Drogas Sintéticas), oriunda da região da fronteira com o Paraguai, chegava quase que na sua totalidade na cidade de Tapejara onde era manipulada e distribuída para cidades vizinhas, sendo que o grupo movimentava aproximadamente R$ 350.000,00 mensais.

A Organização Criminosa é suspeita também de manter imóveis e Garagem de Veículos para lavagem do dinheiro.

A liderança da Organização Criminosa (preso na data hoje em Ijuí) tem origem na cidade de Getúlio Vargas, onde nos meados do ano de 2017/2018, depois de intensas ofensivas policiais (várias prisões), decidiram se mudar para a cidade de Tapejara para expandir os “negócios” e tentar “ILUDIR” as investigações policiais.

No dia de hoje participaram da operação 92 Policiais Civis, oriundos da 11ª Delegacia de Policia Regional de Erechim e 6ª Delegacia de Policia Regional de Passo Fundo, sendo empregadas 30 viaturas. Foram presos 09 indivíduos, 08 homens e 01 mulher. Dentre os 08 presos, 04 deles foram ainda autuados em flagrante pelo crime de Tráfico de Entorpecente e Porte de Arma de uso restrito. Foi apreendida também uma pistola de uso restrito (seletor de rajada), uma grande soma em dinheiro, maconha e cocaína e documentação que comprovam possível lavagem de dinheiro. Após a lavratura de todos os documentos pertinentes, os presos foram encaminhados ao Presídio de Getúlio Vargas, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Segundo o Delegado de Polícia Jorge Fracaro Pierezan, titular da DP de Getúlio Vargas, “as ações de hoje pretendem trazer mais ordem social para a cidade e região, e demonstrar que a Polícia Civil estará sempre atenta a estes grupos que pretendem impor o crime ao cotidiano da população getuliense”. Segundo ele “não encerraremos as investigações até que todos os envolvidos sejam identificados e levados à Justiça, onde poderão responder por seus crimes”.

Fonte e fotos: Diego Camargo/Portal Tchê

Fotos Diego Camargo/Portal Tchê 



Leia Também Brigada Militar atendeu 18 ocorrências e um termo circunstanciado durante o domingo de eleições em Passo Fundo Jovem de 23 anos morre em acidente de trânsito no centro de Tapejara Morre no hospital homem que levou tiro no bairro Cidade Nova em Passo Fundo Tentativa de homicídio é registrada no bairro Cidade Nova em Passo Fundo