O prato do velho

Postado por: Adalíbio Barth

Compartilhe

            Em nosso meio, geralmente, há respeito, carinho e atenção pelas pessoas idosas. Assim convivem os avós junto com os filhos casados e os netos.

            Com o passar do tempo, os velhos necessitam de mais cuidados, pois o peso dos anos não os mantém tão ágeis como em outros tempos.

            Junto com certa família morava também o velho avô. Deixara toda a propriedade para o filho que retribuía, com a dedicação e os cuidados de que a idade avançada necessita. O avô executava pequenas tarefas da casa e era a alegria dos netos.

            À mesa, todavia, não conseguia servir-se como antes. Pelo fato de ter quebrado já dois pratos, devido às mãos trêmulas e à pouca visão, o filho preparou-lhe um prato de madeira, para evitar prejuízos.

            À tarde, ao perceber a costumeira diversão das crianças, com seus brinquedos, e escutando barulho de martelo e de serrote, o pai chegou perto do seu menino e indagou:

- O que está fazendo, meu filho?

E a criança, com toda a sua inocência, respondeu:

- Estou fazendo um prato de madeira para o senhor usar depois que ficar velho.

 

Leia Também Uma cidade Encantadora!? As Festas de Final de Ano e os Traumas Os precursores Ano Vocacional: Corações ardentes e pés a caminho!