Projetos de agricultura estão em destaque na Consulta Popular que começa segunda (14)

Compartilhe
Começa, na próxima segunda-feira (14/11), a votação da Consulta Popular com a finalidade de inclusão dos projetos no orçamento do Estado do exercício de 2023. Dos 116 projetos que estão em votação nos 28 Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes), 41 são da área da agricultura, o que representa 35% do total. A maioria trata do fortalecimento da agricultura familiar. Os dois Coredes que têm todos os projetos ligados à agricultura são os da Região Central, com quatro, e do Vale do Caí, com dois.

Na região Central, formada por 19 municípios, os projetos em votação são de incentivo à agricultura familiar, máquinas e equipamentos para Central de Distribuição de produtos da agricultura familiar, correção do solo e construção e instalação de agroindústria artesanal de erva-mate.

“Priorizar demandas para a agricultura está de acordo com a tradição produtiva e as potencialidades econômicas da região, alicerçadas na agropecuária na maioria dos municípios", diz Regina Hernandes, presidente do Corede Central. Segundo ela, as potencialidades estão vinculadas à agregação de valor na produção primária e ao estímulo à agroindustrialização, principalmente voltados para a agricultura familiar, bem como à diversificação de matriz produtiva na região. Regina destaca ainda ser preciso trabalhar com os riscos ambientais, em especial, no que diz respeito às probabilidades de exaustão e empobrecimento do solo e à deficiência dos mananciais de água.

Captação e armazenamento de água e incentivo à agricultura familiar a partir de biodigestor
Em relação ao Corede do Vale do Caí, integrado por 20 municípios, os dois projetos que irão a votação estão relacionados à captação e armazenamento de água e incentivo à agricultura familiar por meio da instalação de biodigestor para a região. O biogestor é uma estrutura que utiliza dejetos animais e resíduos orgânicos para produção de biogás, diminuindo a carga poluente desses dejetos.

Para Alzir Aluísio Bach, presidente do Corede do Vale do Caí (Codevarc), a questão da água é muito importante para a região. “Tivemos aqui, no final do ano passado, uma seca muito grande, que causou muitos prejuízos, e isso ficou muito forte, muito presente no momento da escolha dos projetos para votação”, afirma Alzir Aluísio Bach, presidente do Corede do Vale do Caí (Codevarc).

Além do incentivo à agricultura familiar, outros projetos que estão em votação são o de internet no meio rural, patrulhas agrícolas, softwares de gestão econômica, hortas e economia solidária.

A votação vai até o dia 23 de novembro e o processo será realizado via aplicativo Colab, por meio do site www.consultapopular.rs.gov.br e no Whatsapp (51) 8924-1547 (sem inclusão do 9 na frente do número).

• Para ter acesso ao ambiente de votação, o cidadão precisará informar o número do título de eleitor, CPF e data de nascimento, além de telefone e/ou e-mail caso opte por receber informações do processo. O voto é pessoal e intransferível.

Recursos
Serão R$ 50 milhões para os Coredes, sendo que 80% dos recursos serão distribuídos de forma igualitária entre os Conselhos e 20% partilhados por meio de um rateio, levando em consideração o Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese) de cada região. Mais R$ 5 milhões irão para os nove Coredes com maior número de votação, sendo R$ 1 milhão para o Corede que ficar em primeiro lugar e R$ 500 mil para o que se posicionarem entre o segundo ao nono lugar.

Fonte: Governo RS

Leia Também Soja alcança mais de 66 milhões de hectares na América do Sul Reunião em defesa das propriedades rurais é realizada em Mato Castelhano Iniciado o planejamento do setor de Artesanato, Floricultura e Produtos Coloniais da Exposol 2023 Dez de novembro é o dia do trigo