Sobre a cultura nazista

Postado por: Neuro Zambam

Compartilhe

Nas aulas de antropologia quando falamos em classificação de pessoas logo surge o tema do racismo, das ações afirmativas, bolsa família, e tudo mais.

Não me incomoda que os alunos debatam entusiasticamente sobre esses temas, concordem, discordem, critiquem e paulatinamente formem suas convicções.

Já que no Brasil não temos tradição com a afinidade ideológica dos partidos políticos, trocamos as convicções com facilidade e não temos uma tradição de produção sistemática de conhecimento e teorias, pelo menos que formemos algumas convicções que orientem bem a nossa vida.

Incomodam certos dados que classificam pessoas pelo critério de “raça”, aliás uma convicção que está superada junto com o mapeamento do genoma humano no inicio desde século.

Talvez poucos saibam que os estados do sul do Brasil são os que mais acessam conteúdos de orientação nazista. Essa mancha na história da humanidade precisa ser refletida criticamente para evitar num futuro, próximo ou distante, que se repitam tais tragédias.

Confiram na página do meu facebook um texto sobre isso.

Leia Também O que devo fazer para modificar ou ampliar a minha atividade já licenciada? Lendas, histórias e estórias A amizade é algo humano e divino! Esquerda e direita – saudades e compromisso