Auxílio moradia para juízes aposentados

Postado por: João Altair da Silva

Compartilhe

 

                Juiz precisa ganhar bem. É uma categoria seleta, demora  para se preparar, decide sobre a vida das pessoas,  não pode ser corrompida e, portanto, não que quem recebe salários baixos deva deixar-se corromper,  mas  pode facilitar o crime aos mais fracos.

                Um juiz  ou promotor de justiça iniciam a carreira  recebendo mais de 30 salários mínimos por mês.  Se responderem por outras unidades dentro de suas instituições ganham um plus considerável.  Num país pobre onde  brasileiros passam fome,  milhares de pessoas vivem em  barracos,  onde se demora até dois anos para conseguir uma consulta com um especialista, onde vemos diariamente pacientes penando pelos corredores e macas de hospitais,  é uma afronta ver o Estado Brasileiro pagando auxílio moradias para juízes e promotores.  Pior,  é ter que assistir pasmo o pagamento dessa benesse para esses profissionais aposentados.  Pergunto:  será que em toda a vida laboral de um profissional desses, ganhando no final de carreira até R$ 40 mil  por mês, não sobrou dinheiro para comprar uma casa, um apartamento?   Me impressiona que a mesma sociedade que foi às ruas lutar por quase nada fique calada diante de um descalabro desses. 

Leia Também 33º Domingo do Tempo Comum. O Enart, de novo! A importância de ter uma recepcionista/secretária preparada em seu consultório. Feito é melhor que perfeito