Vendas pela internet são alvos de campanha global neste Natal

Compartilhe
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil   Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil 
No Brasil, a Senacon e o Inmetro estarão orientando os consumidores

Segurança em primeiro lugar, é o nome da campanha global que reúne 21 países, incluindo o Brasil, coordenada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). A campanha visa orientar os consumidores para que possam fazer escolhas seguras no momento de suas compras de Natal pela internet.

No Brasil, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), com o apoio do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), fará todo o trabalho de orientação e fiscalização de produtos vendidos por meio on-line.

A campanha se baseia em uma análise realizada em 2021, nos países envolvidos, que identificou venda de produtos irregulares e não adequados ao ambiente de comércio pela internet, sobretudo em marketplaces.

De acordo com a Senacon, o resultado da varredura feita no território nacional acendeu um sinal de alerta, pois brinquedos banidos por oferecer riscos permaneciam sendo comercializados.

De 2017 a 2019, brinquedos e jogos estavam entre os três principais grupos de produtos recolhidos em todo o mundo.

Confira os produtos regulamentados pelo Inmetro que devem ser checados.

Brinquedos:
O consumidor deve verificar a presença de faixa etária indicada, apropriada para a idade da criança e a presença da certificação.

Eletrodomésticos
Selo de segurança:  183 tipos de eletrodomésticos possuem o selo do Inmetro, atestando que foram avaliados quanto à segurança. Isso inclui: aspiradores de pó, máquinas de cortar cabelo, lava-louças, batedeiras e processadores de alimentos, que são produtos que tiveram expressivo crescimento de vendas durante o isolamento social, entre outros.

Etiqueta de eficiência energética: entre esses eletrodomésticos, alguns também devem apresentar a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia, informando sobre a eficiência energética e o consumo de energia. Ex.: geladeiras, televisores, etc.

Selo Ruído: os aparelhos que fazem mais barulho (liquidificadores e secadores, por exemplo) devem ter esse selo na embalagem, informando a potência sonora em decibéis e classificando os aparelhos de 1 (mais silencioso) a 5 (menos silencioso).

Fonte: Agência Brasil

Leia Também BSBIOS firma contrato de Zona Franca para a biorrefinaria Omega Green com governo do Paraguai Copom mantém juros básicos da economia em 13,75% ao ano Prazo para parcelamento do IPVA 2023 se encerra nesta terça Últimos dias para optar pelo parcelamento do IPVA 2023