Muticon Regional da Comunicação: sétima edição realizada em Farroupilha

Compartilhe
Foto: Jéssica Fachini/Diego Pedrotti   Foto: Jéssica Fachini/Diego Pedrotti 
A sétima edição do Mutirão de Comunicação do Rio Grande do Sul contou com mais de cem agentes da pastoral neste sábado em Farroupilha.

O Santuário de Nossa Senhora do Caravaggio, em Farroupilha, foi casa da Pastoral da Comunicação do Regional Sul 3, neste sábado, 26 de novembro. O 7º Muticom do Rio Grande do Sul reuniu mais de cem agentes da PASCOM de todo o Estado, que refletiram no encontro o tema Pascom: o agir comunicativo da Igreja.

O presidente da CNBB Sul 3 e bispo diocesano de Caxias do Sul, dom José Gislon, abriu o encontro lembrando que o Conselho Permanente da CNBB aprovou esta semana a atualização do Diretório de Comunicação, o que ressalta a importância da comunicação na vida da Igreja, especialmente “para romper as distâncias e cultivar a caminhada de fé do Povo de Deus”. Dom José destacou que ainda temos um longo caminho a percorrer para valorizar e priorizar a comunicação e desejou: “Que aos pés de Nossa Senhora do Caravaggio este encontro seja não só abençoado por Deus mas acompanhado pela ternura materna de Maria”.

O momento de abertura e acolhida também contou com as palavras de dom Alessandro Ruffinoni, bispo emérito de Caxias do Sul; do padre Ricardo Fontana, Reitor do Santuário; e do bispo referencial para a comunicação no Regional, dom Carlos Romulo Gonçalves e Silva, que enfatizou a alegria da oportunidade de um encontro presencial: “Sabemos dos desafios das distâncias e econômicas, mas a presencialidade supera isso, porque a alegria de estarmos juntos é sempre um Pentecostes”, afirmou dom Carlos.

Eixos Pastorais
Um dos objetivos principais deste 7º Mutirão de Comunicação foi a formação de novos e antigos agentes sobre a missão da Pascom e contou, para isso, com a colaboração do Coordenador Nacional da Pastoral, Marcus Tullius. O assessor iniciou com a apresentação de alguns pontos fundamentais do Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil e pontuou de forma especial a importância de que a comunicação esteja a serviço do encontro que cria comunhão, estabelece vínculos e promove o bem comum. Durante sua exposição, Marcus observou também que “não se pode reduzir a Pascom aos meios de comunicação, pois ela é um elemento articulador da vida e das relações comunitárias”.

Os quatro eixos da Pascom – Espiritualidade, Formação, Articulação e Produção – também integram o Diretório da Comunicação e foram tema da exposição do assessor. Para Marcus, o primeiro é o alicerce de todos os eixos e a vivência constante do seguimento a Jesus Cristo. Já a formação visa a qualificação das lideranças e agentes para que desenvolvam e executem projetos teoricamente embasados, tecnicamente atualizados e eticamente comprometidos.

Em seguida, o eixo da articulação propõe o envolvimento dos agentes com todas as pastorais paroquiais/diocesanas, a fim de animar toda a Igreja à comunicação. Outras propostas são a realização de mutirões de comunicação, encontros com profissionais e pesquisadores e participação nos conselhos pastorais. Por fim, vem o eixo da produção, que consiste na elaboração de materiais, transmissão de celebrações e eventos e produção de diversos conteúdos.

O assessor concluiu sua apresentação com sete pontos fundamentais à pastoral. Segundo ele, é preciso uma Pascom que seja ágil, integral, tradutora, provocativa, pacificadora, testemunhal e sinodal.

Espiritualidade
A tarde do 7º Muticom iniciou com a reflexão sobre a Espiritualidade do Comunicador, conduzida por dom Carlos Rômulo. O bispo referencial da Pascom falou especialmente da espiritualidade dos discípulos de Jesus, aqueles que O seguem: “Para um tempo que entende o conceito espiritualidade de forma difusa e generalizante, seguimento é o modelo básico e original: porque é bíblico e útil”, afirmou.

O bispo trouxe a imagem da videira para lembrar que Cristo é o comunicador maior, que une todas as pessoas a Deus. “Comunicar é dom de Deus, é relação entre o Criador e Suas criaturas”, destacou.

Práticas
A programação do 7º Muticom ofereceu aos participantes oficinas práticas para facilitar o dia a dia da Pascom nas paróquias e nas arqui/dioceses: Artes Gráficas no Canva; Técnicas Fotográficas com o celular; e Redes Sociais na perspectiva da evangelização.

O encontro foi concluído com a celebração de uma Missa de envio no Santuário de Caravaggio, presidida por dom Alessandro Ruffinoni, bispo emérito de Caxias do Sul. A celebração marcou também o anúncio do 8º Mutirão de Comunicação, que se realizará em Santa Maria, no dia 25 de novembro de 2023.

Fonte: Vatican News

Leia Também Padres Élio Eirlet e Tiago Guimarães tomam posse nas paróquias São Francisco de Assis e Nossa Senhora da Conceição Rumo à ordenação presbiteral: diáconos concluem curso de preparação Posses de párocos terão início no próximo final de semana na Arquidiocese de Passo Fundo CNBB divulga nota em que reprova iniciativa do Governo Federal de flexibilização do aborto