Covid-19: Município recomenda a vacinação e o uso de máscara por idosos e imunossuprimidos

Compartilhe
  Imagem ilustrativa / Internet    Imagem ilustrativa / Internet  
Em reunião realizada nesta terça-feira (27), convocada pelo prefeito Pedro Almeida, o Comitê de Orientação Emergencial (COE) discutiu o cenário da Covid-19 em Passo Fundo. Diante do aumento de casos no estado e que reflete também na cidade, a Prefeitura, apoiada por entidades e instituições de saúde, fez algumas determinações e voltou a recomendar fortemente que a população complete o esquema vacinal e reforce as medidas de higiene respiratória.

De acordo com a secretária de Saúde, Cristine Pilati, a curva de casos notificados, a gravidade e a situação hospitalar são fatores concomitantes para a composição de medidas de combate.  “O fator balizador das ações adotadas no enfrentamento do vírus é a gravidade dos casos. A grande maioria das pessoas contaminadas apresenta sintomas leves. As hospitalizadas em leitos clínicos e de UTI apresentam comorbidades e/ou a vacinação incompleta. Tínhamos uma curva ascendente que freou no novo boletim epidemiológico, emitido nesta terça-feira. Seguiremos acompanhando”, considera.

Conforme o último boletim, Passo Fundo tem 1.362 casos ativos de Covid-19, um aumento de 4% com relação ao comunicado anterior, de 22 de dezembro. Acerca das internações, os hospitais contabilizam 21 pessoas em leitos clínicos (9 de Passo Fundo e 12 de outros municípios) e 8 em UTI (6 de Passo Fundo e 2 de outros municípios).

A secretária destaca a importância de a população completar o esquema vacinal. “Realizamos várias iniciativas a fim de estimular a vacinação e conseguimos ultrapassar os 70% de cobertura em inúmeras faixas etárias. As faixas etárias de menor adesão são as dos 3 aos 11 anos e dos 19 aos 49 anos. Quem está com dose atrasada pode procurar uma das 20 unidades que vacinam contra a Covid-19 para a atualização”, afirma.

Neste sentido, uma das determinações tomadas durante a reunião é que a Vigilância Sanitária entre em contato com as grandes empresas para fazer um levantamento da situação vacinal dos trabalhadores e buscar a viabilização de uma vacinação coletiva. “As equipes iniciarão nesta semana o mapeamento junto às empresas com expressivo número de funcionários para organizar uma logística de vacinação”, explana a secretária.

Além disso, um movimento deverá ser feito pelas instituições de ensino para que os estudantes da área da saúde concluam a vacinação. A Secretaria Municipal de Saúde também oferecerá mais doses aos hospitais na hipótese de haver profissionais que ainda não completaram o esquema.

Aliada à vacinação, a instrução é que a máscara seja utilizada, principalmente, pelos idosos e imunossuprimidos e em locais com muitas pessoas. “É necessário que algumas medidas de higiene respiratória sejam intensificadas. E uma delas é o uso de máscara para evitar contaminações”, enfatiza.

O Comitê de Orientação Emergencial deverá se reunir mais uma vez na primeira quinzena de janeiro para a atualização do cenário local e de novas ações de enfrentamento à Covid-19.

Onde vacinar
- Público geral
Cais São Cristóvão, Cais Petrópolis, Cais Vila Luíza, Cais Hípica, Cais Boqueirão, Ambulatório de Especialidades, ESF Nenê Graeff, ESF Zachia, Ambulatório São José, ESF Donária/Santa Marta, ESF São Luiz Gonzaga, ESF Adirbal Corralo, ESF Planaltina, ESF São Cristóvão, ESF Adolfo Groth, ESF Jaboticabal, UBS Vila Nova, UBS Parque Farroupilha e Central de Vacinas.
ESF, UBS e ambulatórios: de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30
Cais e Central de Vacinas: de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h
Cais Petrópolis: de segunda a sexta-feira, das 8h às 21h30, e nos sábados, das 8h às 11h30
- Crianças e imunossuprimidos
Central de Vacinas, das 8h às 16h

Onde buscar atendimento
Com as mudanças no atendimento de Covid-19, todas as unidades de saúde do município passaram a atender e a realizar a testagem. Em caso de suspeita, a orientação é que seja buscado o local mais próximo da residência.

Leia Também Covid-19: OMS pode determinar fim da emergência mundial nesta sexta-feira Estado recorda os 2 anos do início da vacinação contra a Covid-19: 27 milhões de doses aplicadas Chegam ao estado novas doses para imunização de crianças contra a Covid-19 Secretaria Municipal de Saúde monitora casos de Covid-19 em Passo Fundo