RABISCOS SEMANAIS: Morada das Juventudes!

Postado por: Leandro de Mello

Compartilhe


 

José Fernandes de Oliveira, padre dehoniano, escritor e músico, evangeliza gerações há décadas ao cantar: “Um dia uma criança me parou. Olhou-me nos meus olhos a sorrir. Caneta e papel na sua mão. Tarefa escolar para cumprir. E perguntou no meio de um sorriso: O que é preciso para ser feliz? Amar como Jesus amou. Sonhar como Jesus sonhou. Pensar como Jesus pensou. Viver como Jesus viveu...” (Amar como Jesus Amou - Padre Zezinho). Há algum tempo, por meio de uma criança de olhos brilhantes, chegou-me a interrogação: “Padre, aonde mora Deus?”

Responder questionamentos provenientes de corações puros, a saber, requer habilidade, verdade e empatia. A sagrada escritura, à luz da fé, ensina que Deus é conosco (Mt 1,23), isto é, Ele está no meio de nós (Jo 1,14). Habita-nos! Desde outrora, ademais, canta-se: “Deus que salve, a casa santa onde é sua morada. Aqui mora o Deus Menino e a hóstia consagrada” (Hino de Reis). Cada pessoa é constituída de dignidade e, outrossim, expressão do transcendente.

A Pastoral da Juventude (PJ), por exemplo, articula-se de forma organizada no Brasil, na América Latina e Caribe com uma metodologia de trabalho e evangelização juvenil há 50 anos, por compreender que a juventude é um “lugar teológico” (Hilário Dick). Existe um mantra entoado pelas juventudes que expressa tal entendimento: “Deus vos salve! Deus! Deus salve a juventude onde mora Deus! Vos salve, Deus!”

Dentre as significativas características juvenis está o ardente desejo do encontrar-se, e também à PJ, à luz do evangelho, a comensalidade na alteridade, o comer juntos/as (Lc 22,14) a utopia concreta do Reino de Deus, a Civilização do Amor. Neste sinodal caminhar e reconhecer-se “rosto de Deus” é que através da Coordenação Nacional da PJ dinamiza-se, entre os dias 08 e 15 de janeiro de 2023, a Ampliada Nacional da Pastoral da Juventude (ANPJ), a qual reúne representantes de todas as regiões do país.

Joinville, cidade da dança e das flores, torna-se a morada das juventudes do Brasil, partícipes da Pastoral da Juventude, para dialogar o tema: “PJ: 50 anos de resistência e missão, com o grupo de jovens fazendo florescer vida nesse chão!” Lara Kathelen Rocha Santos, secretária regional da PJ, em Santa Catarina, exortou a juventude e a sociedade: “É na profecia desse momento histórico, que convido cada um e cada uma a estar em sintonia conosco”.

Quando, em 2022, fora divulgada a Diocese de Joinville como casa às juventudes brasileiras da PJ, a Coordenação Nacional externou: “queremos ampliar a mensagem de que é preciso agir em todas as gerações para alcançar o fim da pobreza, da fome e das desigualdades socioambientais, a garantia da educação de qualidade para todas e todos, a equidade de gênero, a paz e a justiça, sem deixar ninguém para trás”. Segundo a jovem Michelle Gonçalves, secretária nacional da PJ: “essa é a Ampliada dos 50 anos, nela, vamos juntas e juntos discutir e definir os próximos passos da Pastoral da Juventude”.

À memória histórica faz-se salutar ponderar que a deliberação para a realização das Ampliadas Nacionais da Pastoral da Juventude refere-se ao 6º Encontro Nacional da Pastoral da Juventude (ENPJ), realizado em Cuiabá MT, no ano 2000. As ANPJ’s realizam-se por triênios, sempre após o ENPJ, com participação de delegados(as) arqui/diocesanos(as) escolhidos(as) pelas organizações regionais. Na organicidade dinâmica pastoral da PJ a ANPJ caracteriza-se como uma instância na qual acontece a escolha de diretrizes e deliberações para a práxis pastoral, reflete-se a representatividade da coordenação nacional e vislumbra-se horizontes para a escolha de assessores(as) e secretarias nacional.

Estejamos, portanto, em sintonia neste esperançar juvenil, compartilhando a iluminação bíblica que fez-se o lema da ANPJ: “o Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para anunciar a Boa Notícia aos pobres e para proclamar um ano de graça do Senhor” (Lc 4,18-19)! Deus é amor! Arrisquemos, pois, viver por amor neste imenso condomínio de fraternidade e amizade social, Brasil!

 

Padre Leandro de Mello – @padreleojuventude. Passo Fundo, 10 01 2023.

Leia Também Bem-aventurados os mansos Coragem A Vida e Suas Oportunidades Segui-me