Mulher que acusa Daniel Alves de estupro não quer compensação financeira e pede justiça

Compartilhe
O jogador brasileiro Daniel Alves, de 39 anos, segue preso na Espanha e deve permanecer até o julgamento. A mulher de 23 anos que o acusa por abuso sexual declarou, conforme publicação do jornal El País neste domingo (22), que não deseja compensação financeira e que deseja que ele siga na prisão.

Durante o depoimento, a juíza ressaltou que em caso de condenação nesse tipo de crime a vítima pode ser indenizada financeiramente, mas ela afirmou que é de família rica e não quer dinheiro. Quer justiça pelo fato, informou o jornal espanhol.

Leia Também Antes de assinar com o Internacional, Alemão quase vestiu a camisa do E.C Passo Fundo Vice-presidente do E.C Passo Fundo convida a comunidade a participar das atividades do clube em 2023 Passo Fundo Futsal anuncia novo preparador de goleiros Goleiro morre após passar mal durante partida de futebol em Sarandi