Papagaio-charão retorna para família após decisão judicial

Compartilhe

Um caso inusitado, de um papagaio-charão que retorna para família após decisão judicial, foi registrado em Arroio do Tigre. Apreendido pela Patrulha Ambiental (PATRAM) no dia 18 de agosto do ano passado, a ave foi restituída à família, do interior do município, na última sexta-feira, 20 de janeiro.

Ele já estava com a família a 10 anos. Conforme relato, foi resgatado ainda filhote, quando caiu de uma árvore e não foi achado mais o ninho. O Nicolau, como é carinhosamente chamado pela família, recebia todos os cuidados com alimentação à base de frutas, ração especial, visita do veterinário, cuidados com a saúde, como desvermifugação.


 No mesmo dia em que levaram o papagaio, a família já fez contato com o Veterinário para saber o que poderia ser feito. Então foram informados de que para reaver seria necessário ingressar com um processo no Fórum. “Entramos então em contato com os advogados. Mais ou menos um mês depois, foi julgado que o papagaio deveria ser devolvido”, relata um dos integrantes da família.

 

Inicialmente, a PATRAM informou que o papagaio seria levado para o Zoológico de Cachoeiro do Sul, porém, quando foi determinado que ele retornasse para casa, ninguém mais sabia onde estava. “Só no mês de novembro que recebemos a notícia de que encontram ele, e que estava em Santa Maria”.

 

A partir do mês de novembro então, a advogada, começou com os papéis, alvará de licença, e tudo que precisava e faltava pra conseguir ir retirar o papagaio. “Na sexta-feira, dia 20, fomos buscar o Nicolau em Santa Maria. Nós estamos muito felizes com a volta do dele. Meu vô, que já tem 90 anos, e especialmente a minha mãe eram muito apegados a ele”, relata uma das filhas da família.


Informação: Rádio Geração

Leia Também Seca assola as lavouras da região Tudo pronto para o início do Show Rural Coopavel Associação Mãos Unidas arrecada recursos para ajudar catadores de materiais recicláveis de Passo Fundo Morre jornalista Glória Maria aos 73 anos