Grupo Planalto de comunicação

Homem manda filhos se despedirem da mãe antes de matá-la na frente deles O homem não aceitava o fim do relacionamento com a ex-mulher.

Um homem foi condenado a 45 anos de prisão por assassinar sua ex-esposa em Campos Novos, região do Meio-Oeste de Santa Catarina, em novembro de 2022. O julgamento ocorreu na última sexta-feira (5) no tribunal da comarca local.

Os eventos começaram quando o réu, não aceitando o fim do relacionamento, foi até a casa da vítima. Segundo a acusação do Ministério Público, ele agrediu a ex-esposa e depois mandou que seus filhos, de quatro e nove anos de idade, se despedissem dela, dizendo que nunca mais a veriam. Em seguida, disparou cinco tiros contra a vítima, resultando em sua morte.

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) qualificou o crime como feminicídio, destacando que foi cometido de forma a impedir a defesa da vítima e motivado por um sentimento de posse. O Promotor de Justiça Alexandre Penzo Betti Neto, responsável pela acusação, enfatizou a gravidade do crime e a necessidade de uma resposta firme para os familiares e a sociedade.

No momento do assassinato, o réu estava fugitivo do sistema penitenciário. Após a leitura da sentença, ele foi conduzido ao Presídio Regional de Chapecó, sem possibilidade de recorrer em liberdade.

Os filhos da vítima testemunharam o início da violência e foram levados para um sítio após o ocorrido. Atualmente, estão morando com a avó materna na Argentina.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais