Grupo Planalto de comunicação

Jogos Pan-Americanos: Brasil fecha participação com recorde de medalhas

O
domingo (05) foi de encerramento dos Jogos Pan-Americanos 2023, que ocorreram
no Chile. Com medalhas nas mais diferentes modalidades, o Brasil atingiu o seu
recorde histórico, fechando em 2º no ranking por nações.

No
total, o Brasil fechou a sua participação com 66 ouros, 73 pratas e 66 bronzes,
totalizando 205 medalhas, recorde absoluto. Além disso, utilizou o Pan para
garantir vagas olímpicas em 21 esportes, e o Brasil conseguiu se classificar
para Paris 2024 em diversas modalidades: handebol feminino (14 atletas), boxe (9),
hipismo (6 – com os brasileiros do adestramento precisando confirmar a vaga
fazendo índice até junho de 2024), natação (2), pentatlo moderno (1), tênis (1),
tiro com arco (1) e vela (4).

O
ranking por países teve a liderança dos Estados Unidos (total de 286 medalhas,
sendo 124 ouros, 75 pratas e 87 bronzes). Após a vice-liderança brasileira, apareceu
em 3º lugar o México (total de 142 medalhas, ou 52 ouros, 38 pratas e 52
bronzes), enquanto o Canadá ficou em 4º lugar (164 medalhas, sendo 46 ouros, 55
pratas e 63 bronzes). O topo-5 fechou com Cuba, que obteve um total de 69
medalhas (30 de ouro, 22 de prata e 17 de bronze).

As modalidades que mais renderam medalhas para o Brasil foram Ginástica Rítmica (13 medalhas, sendo 8 ouros, 4 pratas e 1 bronze), Atletismo (23 medalhas, sendo 7 ouros, 10 pratas e 6 bronzes), Natação (27 medalhas, sendo 7 ouros, 8 pratas e 12 bronzes), Judô (16 medalhas, sendo 7 ouros, 3 pratas e 6 bronzes) e Boxe (12 medalhas, sendo 4 ouros, 5 pratas e 3 bronzes).

 

Facebook
Twitter
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais