Grupo Planalto de comunicação

Pelo Brasil: São Paulo, cidade mais rica do país, tem mais de 600 mil pessoas vivendo em meio ao esgoto

São Paulo tem mais de 600 mil pessoas vivendo em meio ao esgoto e sem saneamento. É o panorama do contraste da cidade mais rica do Brasil.

O esgoto acaba jogado direto no rio, na capital paulista, que na primeira chuva mais forte invade a casa com sua água cinza, estragando os móveis e espalhando doenças. O cheiro forte e a visita de ratos é uma preocupante constante, afirmam moradores.

Antes, um sistema de “gatos” improvisados drenava uma adutora a poucos metros das comunidades ribeirinhas.

O esgoto continua caindo direto no Rio Tietê, através de um cano branco que fica pendurado na parte de trás das casas, com prejuízos ambientais consideráveis.

Segundo a Sabesp, empresa responsável pelo abastecimento, o índice de cobertura de coleta de esgoto no município é de 94%. Como a concessionária atende aproximadamente 11 milhões de pessoas na capital, isso significa que 660 mil ainda não têm acesso ao serviço.

Foto: iStock

Facebook
Twitter
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais