Grupo Planalto de comunicação

Pesquisa aponta que 30% dos brasileiros já precisaram realizar reparos ou adaptações em suas residências por causa de fenômenos climáticos

Foto: Grupo Planalto de Comunicação

Cerca de 30% dos brasileiros já precisaram realizar algum tipo de reparo ou adaptações em suas residências por causa de fenômenos climáticos. Essa necessidade é maior nas regiões Nordeste e Sul, onde os percentuais sobem para 45% e 36%, respectivamente.

Quando questionados sobre o fenômeno climático que têm notado com maior frequência, o aumento da temperatura representou 73% das respostas, seguido de chuvas intensas e tempestades (47%) e enchentes e inundações (25%).

Os dados são de uma pesquisa da consultoria Brain. O levantamento apontou ainda que a preocupação com a possibilidade da residência ser impactada pelas mudanças climáticas nos próximos anos é 45% maior nas capitais do que nas cidades do interior.

15% dos entrevistados afirmaram que estão preocupados com a possibilidade de suas casas serem impactadas por mudanças climáticas nos próximos anos. Já 74% não têm planos para tornar as moradias mais resistentes.

A pesquisa buscou entender como os fenômenos climáticos têm influenciado as decisões de compra e adaptação das residências e considerou as preocupações e prioridades das pessoas em relação aos eventos climáticos extremos.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais