Grupo Planalto de comunicação

Sistema prisional gaúcho recebe reforço de servidores do governo federal e de Santa Catarina e Minas Gerais Profissionais auxiliarão nas escalas de revezamento do sistema carcerário

Foto: Divulgação SSPS

A Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) de Minas Gerais e a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária e Socioeducativa (SAP) de Santa Catarina estão enviando 75 servidores para atuar nos presídios e penitenciárias do Rio Grande do Sul.

O objetivo é auxiliar nas escalas de revezamento e nas rotinas das unidades prisionais, visto que alguns servidores e familiares também tiveram suas residências atingidas pelas enchentes.

Desde o início dos eventos climáticos no Estado, a Secretaria de Sistemas Penal e Socioeducativo (SSPS) e a Polícia Penal (PP) estabeleceram um gabinete de crise. O objetivo é monitorar 24 horas por dia a situação dos presídios afetados e garantir a segurança e a integridade física dos servidores penitenciários e das pessoas privadas de liberdade.

O titular da SSPS, Luiz Henrique Viana, enalteceu a iniciativa e agradeceu o apoio fundamental para o Estado. “Este é um momento de união, de solidariedade, em que todos estão empenhados em fazer o melhor para colaborar com o povo gaúcho. Este reforço chega em excelente hora e nos ajudará na condução das casas prisionais e nas demandas que vierem a surgir”, disse.

Na manhã de sexta-feira (10/5), 15 policiais penais enviados pela Senappen embarcaram, em Brasília, rumo ao Rio Grande do Sul. Nos próximos dias, chegarão 30 servidores de Minas Gerais e 30 de Santa Catarina.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais