Grupo Planalto de comunicação

VÍDEO: Assassino de família em Ibirapuitã já havia sido preso e não poderia se aproximar das vítimas Família lamenta a insegurança vivida

A Polícia Civil trabalha na investigação de um terrível episódio registrado em Ibirapuitã durante a noite dessa quarta-feira (17). Um homem matou a ex-companheira, o pai dela, baleou a própria filha e a avó dela.

Elias dos Santos, 44 anos, era morador de Tio Hugo. Meses atrás ele já foi preso por ameaçar matar as mesmas vítimas, quando chegou armado na residência e tentou cometer a barbaridade. Na ocasião, a filha foi quem conseguiu conter o homem, que depois ainda investiu contra a polícia e acabou preso.

O indivíduo saiu da prisão e poucos dias após voltou na casa com o objetivo de matar todos os familiares.

No início da noite de ontem (17) municiado com ao menos três armas frias ele cometeu o assassinato.

Após matar a ex-companheira e o pai dela, e deixar sua filha baleada, junto com a avó, o homem ainda ateou fogo na casa. A jovem de 24 anos e sua avó conseguiram fugir com a casa em chamas.

Após isso, o homem atravessou uma estrada de terra, andou aproximadamente 400 metros e tirou a própria vida no terreno do ex-cunhado.

As sobreviventes foram levadas para Soledade e transferidas para Passo Fundo.

A INVESTIGAÇÃO

O caso já é investigado pela Polícia Civil. Já se sabe que o autor, antes de comentar os assassinatos, esteve na casa da filha e companheiro, na Linha Machado em Tio Hugo, baleou a mulher, rendeu os dois moradores e os obrigou a levá-lo até a casa de sua ex.

Fabiana possuía medidas protetivas de urgência contra Elias.

Uma espingarda calibre 22, um revólver 38 e uma faca foram localizados junto ao corpo do homem.

A reportagem é de Bruno Reinehr, com apoio técnico de Augusto Carrão.

Veja a reportagem em vídeo: 

Facebook
Twitter
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais