Grupo Planalto de comunicação

CIEE comemora 45 anos auxiliando na inclusão de estudantes no mercado de trabalho

Foto: Comunicação Digital/CMPF

Há quarenta e cinco anos a inclusão de jovens estudantes no mercado de trabalho é a meta principal do CIEE – Centro de Integração Empresa Escola. Proporcionando capacitação e formação aos atendidos, o CIEE é uma entidade que se tornou referência em Passo Fundo e em diversos municípios das regiões Norte e Alto Uruguai do estado.

Como forma de reconhecimento pelo trabalho desenvolvido no município, a Câmara de Vereadores, através de proposição da Mesa Diretora, realizou na noite desta quarta-feira (19) uma Sessão Solene em homenagem ao CIEE.

Na mesa oficial, o presidente da Câmara, Saul Spinelli (PSB), abriu os trabalhos, ao lado do gerente operacional do CIEE em Passo Fundo, Adriano Ludwig Lírio, do representante do Executivo municipal, o vice-prefeito João Pedro Nunes, e do presidente da Acisa, Evandro Silva. A Sessão também contou com a presença dos vereadores Altamir da Silva dos Santos – Professor Gringo (PDT), Evandro Meireles (PSDB), Eva Valéria Lorenzato (PT) e Michel Oliveira (PSB), além de colaboradores e aprendizes da entidade.

Conforme Spinelli, prestar essa homenagem ao CIEE pelos 45 anos de existência em Passo Fundo e pelos 55 anos no estado é uma alegria muito grande. “O CIEE está sempre buscando parcerias com empresas e cuidando dos nossos jovens, que iniciam nos programas a partir dos 14 anos e depois se tornam pais de família, se formam em faculdades, tudo isso tendo como porta de entrada o CIEE”, afirma.

O presidente também ressalta que o CIEE de Passo Fundo é “referência no Brasil como uma das instituições mais qualificadas, profissionalizadas e que recebeu prêmios na história. Não há um bairro de Passo Fundo que não tenha diversos jovens que estiveram, em sua primeira oportunidade de trabalho, em contato com o CIEE. Falamos em uma história dedicada a formar pessoas, em preparar o jovem para o mercado de trabalho”.

O gerente operacional do CIEE, Adriano Lírio, destaca que a trajetória da entidade começou com apenas seis aprendizes e hoje são mais de 1800 jovens empregados, somente através do programa de aprendizagem. “Ao todo temos atualmente 5200 contratos ativos entre aprendizes e estagiários. Então a responsabilidade é muito grande. Estamos crescendo sempre com o auxílio de empresários, de lideranças políticas, das entidades de classe e dos estudantes”, explica.

Segundo Lírio, os programas do CIEE “incluem as pessoas no mercado de trabalho e – sempre digo aos jovens – começar o mais cedo possível vai fazer toda a diferença na vida profissional”.

Adriano lembra que estudantes a partir de 14 anos já podem ser aprendizes e a partir dos 16 anos já podem atuar como estagiários, através dos programas da entidade.

O CIEE

Criado na década de 1960 por educadores e empresários paulistas, o CIEE é uma associação civil, de direito privado, sem fins lucrativos, de assistência social, educacional e cultural, atuando de forma auto sustentável, que visa gerar oportunidades de desenvolvimento profissional, através da capacitação e inserção de jovens ao mercado de trabalho em todo o Brasil.

Além dos programas de estágio e aprendizagem, o CIEE também realiza projetos que favorecem o desenvolvimento humano, social e profissional, visando contribuir com uma sociedade mais justa e com oportunidades para todos.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais