Grupo Planalto de comunicação

É 13 de junho, dia de Santo Antônio: protetor dos casamentos, dos pobres e das coisas perdidas Nome do padroeiro está presente nas capelas e paróquias de toda a região. Paróquia Santo Antônio realiza celebração nesta data, às 19h, em Passo Fundo

Foto: Paróquia Santo Antônio (Petrópolis)

Hoje, 13 de junho, é dia de Santo Antônio. Trata-se do padroeiro mais popular da área da Arquidiocese de Passo Fundo.

É conhecido por ser o protetor das coisas perdidas, dos casamentos e dos pobres. Muitos milagres foram feitos por ele, ainda em vida. Durante suas pregações nas praças e igrejas, muitos cegos, surdos, coxos e muitos doentes ficavam curados. Redigiu os Sermões, tratados sobre a quaresma e os evangelhos, que estão impressos em dois grandes volumes de sua obra.

O seu nome está presente em várias comunidades, como na paróquia do Bairro Petrópolis e na capela do Bairro Ricci.

Várias cidades da região têm a paróquia em sua homenagem. As festas do padroeiro aconteceram, em grande parte, no último domingo.

O nome de Santo Antônio foi escolhido para as paróquias, ainda, de Santo Antônio do Palma, Evangelista (Casca), Gentil, União da Serra, Guaporé, Camargo e Água Santa/Santa Cecília.

Para marcar essa data, será celebrada missa hoje, dia 13, às 19h, na Paróquia Santo Antônio, do Bairro Petrópolis, presidida pelo padre Ladir Casagrande. Haverá, na oportunidade, a distribuição dos pãezinhos do padroeiro.

Foto: Paróquia Santo Antônio (Petrópolis)

A HISTÓRIA DE SANTO ANTÔNIO

Foto: Paróquia Santo Antônio (Petrópolis)
Foto: Paróquia Santo Antônio (Petrópolis)

 

Santo Antônio, ou Fernando Antônio de Bulhões, seu nome de nascença,  nasceu em Lisboa, Portugal, em 15 de agosto do ano de 1195. De família nobre e rica, era filho único de Martinho de Bulhões, oficial do exercito de Dom Afonso e de Tereza Taveira. Sua formação inicial foi feita pelos cônegos da Catedral de Lisboa. Antônio gostava de estudar e de ficar mais recolhido.

Santo Antônio morreu em Pádua, na Itália, em 13 de junho de 1231, com 36 anos. Por isso ele é conhecido também como Santo Antônio de Pádua. Antes de falecer, ele disse: “Ó, Virgem gloriosa que estais acima das estrelas. Estou vendo o meu Senhor”. Em seguida, faleceu.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais