Grupo Planalto de comunicação

Passo-fundense que sofreu grave acidente em Curitibanos saiu do coma nesta terça-feira (2) Vitor Fernando Machado Rodrigues, de 29 anos, era o único provedor da família; amigos realizam vakinha para ajuda de despesas médicas.

Vitor Fernando Machado Rodrigues com a filha de apenas cinco meses.

Liliane da Costa Joaquim, mãe da pequena Lavínia da Costa Rodrigues, de apenas 5 meses, tem enfrentado grandes desafios desde que o seu marido, o passo-fundense Vitor Fernando Machado Rodrigues, de 29 anos, sofreu um grave acidente na BR-470, próximo a Curitibanos, Santa Catarina.

Na manhã de segunda-feira, do dia 24 de junho, Vitor saiu de casa às 6h para mais um dia de trabalho como motorista de carreta. Ele é um homem querido, pai dedicado e um ótimo marido, como descreve sua esposa.

No entanto, por volta das 12h40, Vitor perdeu o controle do veículo antes de uma curva, resultando em um terrível acidente. Vitor foi arremessado para fora da cabine pelo lado do carona, sofrendo fraturas em três costelas, perfuração em ambos os pulmões, múltiplas fraturas na bacia, além de outros ferimentos graves pelo corpo.

Desde então, ele ficou em coma induzido, em estado grave, com os pulmões ainda não funcionando plenamente. Com o marido em estado grave, Liliane e a filha se deslocaram até Curitibanos para acompanhar Vitor nesse momento tão delicado.

Felizmente, nesta terça-feira (2), Liliane contou que Vitor foi extubado, está acordado e consciente.

 

Mas, além da angústia pelo estado de saúde do marido, Liliane enfrenta desafios financeiros. Cuidando da filha pequena, ela ainda não havia retornado ao trabalho e agora encontra-se em uma situação delicada, com gastos com hospedagem, alimentação e farmácias.

“Vitor era o provedor do lar. Faz cinco meses que ganhei bebê e tive que vir até Curitibanos, pois ele estava em estado gravíssimo. Hoje, após uma semana, ele está mais estável, mas seu caso ainda é delicado”, relatou ela.

Para ajudar a cobrir esses custos, a família está organizando uma vaquinha online que será utilizada para as despesas médicas de Vitor e o PIX de Liliane para suas necessidades atuais, para quem puder contribuir.

A jovem mãe acredita na recuperação de Vitor e expressa sua fé: “Somos novos e sei que o Vitor irá se recuperar logo e contar o testemunho vivo que ele já está sendo, pois o lugar onde o encontraram e como ele chegou ao hospital, nem mesmo os médicos acreditavam que ele estaria vivo. Mas cremos que Deus cuidou e já está curando ele.”

Quem puder a família nesse momento difícil pode fazer uma doação através da vaquinha online ou pelo PIX. A solidariedade da comunidade é crucial para que essa família consiga superar esse momento e Vitor tenha uma chance de recuperação completa.

Como ajudar:

Vaquinha online: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajuda-para-o-vitor

PIX: lilianedacosta578@yahoo.com

 

Facebook
Twitter
WhatsApp

Notícias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais